COMUNICADO

Oi gente!

É provável que vcs notem que em alguns posts do blog há fotos que não aparecem ou não abrem ampliadas em outra janela. Nós tivemos problemas com a hospedagem dessas imagens, por isso algumas foram perdidas.
Já estamos trabalhando a fim de recuperá-las (temos backup, ainda bem!). O processo levará algum tempo, mas vai dar tudo certo.
Agradecemos pelo apoio recebido até o momento, e contamos com a compreensão de vcs. <3

domingo, 13 de novembro de 2011

DIY – Blush

 

Blushes cremosos são legais, mas cada fórmula é diferente. Em geral eles ficam mais “sobre” a pele do que “na” pele. Não sei explicar, vocês também têm essa impressão? Mesmo os mais sequinhos. Ou então são difíceis de espalhar, ou não secam nunca, ou secam demais, ou a cor não é exatamente como eu quero, ou… Raramente não têm algum defeitinho ou alguma coisa que a gente gostaria que fosse diferente.

E é tanta a variedade de produtos no mercado que, em vez de ficar comprando até encontrar, resolvi meu problema de outro jeito.

Na verdade, eu inventei de misturar isso porque vi o blush líquido do Daniel Sandler (Watercolour) na cor Pop, que é um rosa lindo lindo lindo (vejam que lindo, aqui e aqui). Mas eu experimentei Watercolours e não achei tudo aquilo, principalmente porque a cor não fica transparente como eu gosto, fica mais opaca. Fora que eu fui fazer a cor que eu queria sem gastar nenhum dinheiro. :D

E vou misturar outros, e acho que isso é muito melhor do que comprar blushes em creme, porque:

1 – Eu consigo fazer a cor que eu quero;

2 – Eu consigo manter a transparência que eu gosto;

3 – Eu consigo fazer uma cor mais opaca, se quiser, misturando um pouco de base;

4 – Eu consigo fazer com o tipo de acabamento que eu quiser: mais natural com um hidratante, ou mais “dewy” com um protetor solar, por exemplo (quem tem pele oleosa pode fazer com seu creme ideal para peles oleosas);

5 – Eu consigo colocar um pouco de iluminador líquido e deixar o acabamento luminoso (como os blushes da Ellis Faas, por exemplo, que são absolutamente lindos, mas… bem, isso é assunto pra outro post);

6 – Eu consigo concentrar a cor conforme minha preferência – mais concentrado, ou mais natural e clarinho;

7 – E essa é, na minha opinião, a principal vantagem: a base (hidratante) é absorvida pela pele, e a cor fica ali depositada e bem distribuída na pele, sem contorno aparente, perfeitamente esfumada e natural, em vez de ficar ‘pairando’ sobre a pele;

8 – Como a base é absorvida, a cor não sai. Dura horrores;

9 – É fácil de espalhar uniformemente, sem manchar, ao contrário dos blushes mais líquidos;

9,5 – Por algum motivo que eu não entendo, diferentemente dos blushes em creme, essa mistura não tira do lugar o que eu usei embaixo. Inclusive uso depois de tudo, depois do pó e tal, e fica ótimo. (Blushes em creme geralmente bagunçam a base que eu usei, e se usados em cima do pó finalizador fazem uma meleca danada.)

10 – É barato! :D

(Ué, 10 é mais legal que 11!)

 

Eu faço assim:

 

Primeiro, pego uma quantidade de um hidratante, ou primer, ou serum. Algum que seja bom pro meu tipo de pele.

blushNSFW1

 

 

Misturo com uma gotinha de OCC Lip Tar. Aqui estou usando o NSFW, pra ter o rosa parecido com o Pop.

blushNSFW2

 

 

Misturo e vou acrescentando mais Lip Tar até achar que está colorido o suficiente. Usei umas três gotinhas.

blushNSFW3

 

 

Ficou assim:

blushNSFW4

 

 

Na pele, fica assim:

blushNSFW 6

 

 

Cliquem na foto pra ampliar. Dá pra ver que fica muito natural! Pra tirar a foto, apliquei mais pesado pra aparecer. No rosto, lógico, uso menos. Fica lindo!

blushNSFW 5

 

Eu adoro blushes dessa cor.

Também misturo com um pouquinho de Hush pra ficar um pouquinho mais “rosé”, menos vivo.

Se colocar um pouco de Beta, vira um coral. Se colocar Uber, escurece um pouco e “apaga” a cor. Tem uma infinidade de cores pra misturar, mas essas são as cores que eu tenho, e dá pra fazer as cores que eu gosto.  Dá pra fazer do jeito que quiser, com outras cores.

Variações infinitas.

:)

12 comentários:

Karen Lommez disse... [Responder comentário]

Renata, genial!!!! Vou copiar com o Lip Mix da M.A.C, deve funcionar tb! bj

Renata disse... [Responder comentário]

Sim, Karen! Deve funcionar, claro! E tem também uns da Sleek, dizem que são parecidos. Depois me conta? :D

bj

Magda Michelle disse... [Responder comentário]

Dá pra comprar virtualmente? a loja entrega no brasil? Bjs.

Magda Michelle disse... [Responder comentário]

Outra pergunta: onde vc comprou essa embalagem do blush? ela é perfeita.

Geovana Freitas disse... [Responder comentário]

Adorei a idéia ! Vc poderia dar dicas de quais produtos nacionais eu poderia usar no lugar do Lip Tar ?

Renata disse... [Responder comentário]

Magda, a OCC entrega no Brasil, dá pra comprar Lip Tars. A Sleek Cosmetics também tem uns parecidos, os Lip paints, também entregam no Brasil. A embalagem eu gosto também! Tanto que reaproveitei ela hahah É antiga, de um brilho labial da Avon (fora de linha). Acho que a Inglot em um brilho labial com embalagem parecida. Não tenho certeza...

Geovana, não há produtos nacionais semelhantes aos Lip Tars. Nada que chegeu a ser remotamente parecido. Mas como contei pra Magda (acima), essas lojas entregam no Brasil. Não tem crise.

bjs

Carol Prince disse... [Responder comentário]

Adorei, achei a idéia sensacional!

Vou testar!
beijos!

Ana Cris disse... [Responder comentário]

Puxa que ideia genial. Amei.
Acho que vou tentar uma mágica dessas aqui em casa amanhã. Feriado com chuva e frio é para esas coisas,tambem...rsrsrs

bjs

Lucia Marina disse... [Responder comentário]

Oi!

O único blush em creme que tenho é um Maybelline. É como você disse: não dá para entrar em acordo com aquele troço! A cor que comprei, Cloud Wine, é linda, mas vivo atrapalhando a make, não consigo um efeito aceitável. Fiquei até sem vontade de experimentar outras marcas; só compro em pó agora.
Mas, quero testar sua dica! Achei muito legal!!

Bjos!

conversadebeleza disse... [Responder comentário]

Nossa, eu não tenho saco de misturar e customizar nada! Mas também, verdade seja dita, eu me dou bem com os blushes cremosos que eu tenho, que são da MAC e da Illamasqua. Nenhum me deixa sebosa nem interfere com a make de um modo geral. Daí que acabo não precisando de misturar o meu.

Mas certamente o fato da base do blush ser absorvida deve deixar o efeito muito legal! Quem sabe um dia eu tento... Você guarda sua mistura por quanto tempo, mais ou menos?

beijos

Renata

Atila Tamyres disse... [Responder comentário]

Oii Renata!
Sigo o blog a bastante meses, mas como é via e-mail quase não comento, mas amo as dicas, as idéias e as novidades.
Achei essa ideia do Blush perfect! Só não consegui encontrar nos sites que você disse... :(, me diz como??!?!?
Super beijos

Renata disse... [Responder comentário]

Carol, uma verdade incontestável: a necessidade é mãe da invenção! hahaha (se vc experimentar, me conta depois?)

Ana Cris, te diria o mesmo que disse à Carol (acima), inclusive se experimentar, me conta? :D

Lucia, comigo foi meio assim, mesmo. Cansei de testar e não dar certo rsAgora acertei.

Renata, eu gosto de customizar, assim sai do jeito que eu imagino mesmo. Mas não é com muita coisa que eu tenho essa paciência, não... Quanto ao tempo, não imagino. Fiz quantidades pequeninas, assim posso ir experimentando com outras cores. Deu pra usar tipo duas semanas, ficou direitinho.

Atila, não entendi sua pergunta. O que você não conseguiu encontrar?

bjs

Related Posts with Thumbnails