COMUNICADO

Oi gente!

É provável que vcs notem que em alguns posts do blog há fotos que não aparecem ou não abrem ampliadas em outra janela. Nós tivemos problemas com a hospedagem dessas imagens, por isso algumas foram perdidas.
Já estamos trabalhando a fim de recuperá-las (temos backup, ainda bem!). O processo levará algum tempo, mas vai dar tudo certo.
Agradecemos pelo apoio recebido até o momento, e contamos com a compreensão de vcs. <3

sábado, 29 de outubro de 2011

Uns blushes neutros

 

Algum tempo atrás eu andei procurando blushes neutros. Acabei com mais do que deveria, porque no fim das contas quase não tenho usado esse tipo de cor. Mas de tempos em tempos, tudo que eu quero é um blush neutro, e aí volto pra eles.

Pra quem não tem e anda na busca, vou mostrar os que eu tenho e talvez ajude alguém a decidir, ou por uma dessas cores, ou por outra, se achar que nenhuma dessas alcança o tom que tinha em mente. (Quem não sabe o que é isso? Aquela cor que parece que só existe na nossa cabeça?)

Penei procurando, porque raramente via as cores juntas, pra comparar, e foto é aquilo: iluminação, tom de pele, faz as cores mudarem. Vou tentar comparar, e isso talvez seja de alguma utilidade.

As fotos aumentam.

 

outubro 247

 

outubro 219

 

TARTE AMAZONIAN CLAY 12-HOUR BLUSH – EXPOSED

Dos seis, é o mais “coloridinho”. Tem um toque de vermelho mais pronunciado que os outros. Obviamente ele não é avermelhado, só aparece um fundo dessa cor quando aplicado. Portanto, de todas essas cores, é a menos “neutra”.

Esse blush foi um “boom” entre as amantes de maquiagem no mundo todo. Dizem que dura muitíssimo, que espalha super bem, que é o máximo, etc. (A Milena mesmo tem esse blush em outra cor e ama com força.) Eu achei bom. Não é super mate que nem os giz da NYX, mas o acabamento não é tão acetinado quanto outros blushes que eu, particularmente, acho mais legais. Achei bom, mas não achei “OOOOOH esse blush é excepcional e é a última coca-cola do deserto”. É legal.

Mas sei lá, isso sou eu que to dizendo. O mundo todo diz que sim, é excepcional, então acho que o melhor é cada um experimentar e ver como ele atende a seus desejos.

(Nota: a foto no site da Tarte não tem nada a ver com a realidade.)

 

MAC BLUSH PRISM

Esse, quanto à textura, também mancha um pouco. Não tanto quanto os da NYX, mas mancha, se não aplicar esfumando super bem.

É completamente mate, então pra contorno é muito bom, ou quando se quer um blush realmente neutro. Não contrasta com nada, harmoniza com tudo. Não é acinzentado e frio como o da NYX. É, a meus olhos, perfeitamente neutro.

Não sou muito amiga da textura e do acabamento mate, mas às vezes essa cor e esse acabamento mate são exatamente as coisas que se busca.

É um dos blushes ‘mates’ da MAC. Eu deveria, talvez, ter preferido o Cubic, que é “satin”, mas… Foi esse. Agora já era. Nhé.

 

MAC MINERALIZE BLUSH PRESSED AMBER (LE)

Esse é diferente. Na foto, como a aplicação foi bem concentrada, ele aparece refletindo bastante luz. Espalhadinho, ele dá um acabamento lindo e acetinado, sem brilhar, sem partículas visíveis. Só uma luz refletindo na pele, sobre um blush neutro puxando um pouquinho pra um “champanhe” escuro. É, eu não sei o que é um champanhe escuro, mas eu não conheço essa cor hahaha. Âmbar seria mais marrom/amarelado.

Na pele, como dá pra ver (espero) na foto, ele fica levemente rosado, bem levemente mesmo.

A aplicação é super gostosa, ele espalha com facilidade, sem manchar, esfuma suavemente. Uma delícia.

De todos, é meu favorito. Quase. Briga feio com o Dallas.

Não sei de que coleção era, uma com tema de pedras preciosas, um troço assim. Se reaparecer em alguma futura coleção, eu recomendo botar as mãos em um desses.

 

NYX BLUSH – TAUPE

De todos, é o que tem a cor mais fria. Tem algum cinza nessa cor, o que é uma coisa boa pra contorno, e uma levíssima encostada no pó com um duo fiber, aplicando super de leve, pode “esfriar” ou tirar um pouco da vivacidade de algum blush um pouco mais forte ou ‘aceso’ do que se desejava.

Eu não faço contorno, então uso pra ‘consertar’ cores muito vivas, ou como sombra (fica ótimo).

Como blush de cor neutra, é impossível usar sozinho. Neutralizar outras cores? Sim. Sozinho? Não dá, a menos que a intenção seja ficar parecendo com alguém que se deitou na BR.

Isso sobre a cor. Da textura eu não gosto. É um pó bem mate e bem pigmentado, difícil de esfumar. Mancha com facilidade. Como blush… é uma excelente sombra.

Na foto dá pra ver como ele “mancha”, em vez de aplicar uniformemente.

(Nota: o site da NYX deu uma melhorada, hem? Boa! Mas continua não mostrando qual é o acabamento dos blushes, nem descrição das cores.)

 

BENEFIT BOX O’ POWDER - DALLAS

É uma cor neutra com um toque de mauva e uns brilhinhos bem bem pequenininhos. Pequenos o suficiente pra não me incomodar – e isso geralmente, na minha conta, quer dizer quase microscópicos.

Ele também tem o acabamento acetinado, deixa a pele bonita. É mais frio que o “pressed amber”.

Lindo. Lindo. Eu volto pra ele sempre que fico muito tempo longe. Tenho saudades, e quando uso, fico contente. :)

 

NYX BLUSH – STONE

Mais ou menos a mesma coisa que o “taupe” quanto à textura e pigmentação. Vejam na foto que ele também mancha um pouco.

A cor, no entanto, é mais viva, mais quente, sem ser alaranjada nem avermelhada, nem marrom. Aaah, vai explicar isso. hahah Eu mesma naõ entendi o que eu escrevi. O fundo é mais pra um rosado escuro, numa base neutra. Deu pra entender? A foto (a minha, não a do site deles) tá bastante fiel à cor real.

 

Mais uma fotinha? :)

 

outubro 211

20 comentários:

Magda Michelle disse... [Responder comentário]

Adorei o "deita na BR", meu Deus o que passaram na cara da Solange? kkkkk. Bjs.
http://makefeita.blogspot.com/

Milena disse... [Responder comentário]

Amo o blush da Tarte. AMO! O meu é o Tipsy. Em *teoria* é mate, porque não tem brilho. Mas sei lá, não fica chapado nem sem dimensão.

Ele é super pigmentado, mas ao mesmo tempo é meio translúcido, dá uma luminosidade linda na pele. A transparência (sem comprometer a vivacidade da cor) dá um glow, levanta a aparência.
Totalmente diferente de qualquer outro blush mate que já experimentei.

E dura um absurdo. Pelo menos umas 6 horas intacto, e mesmo depois de umas 10 ou 12 horas vc ainda nota traços dele na pele.

Não sei se as outras cores são assim, mas o meu eu achei que valeu cada centavo.


Quanto aos blushes da NYX, eles são horríveis mesmo de aplicar. Ruins de esfumar, mancham, são pozentos e deixam a pele meio sem viço.

Na verdade, esse foi o caso com os blushes mates. O único que eu tenho da NYX que não é mate (e o único que eu gosto) é o Pinky, que tem um quê de perolado. Ele aplica e esfuma bem, é lindo. Recomendo.

Thaís Andrade disse... [Responder comentário]

Difícil não elogiar as resenhas de vocês.
Eu quero muito comprar uns blushes da NYX e o que tem de gente falando bem... Até assusta, viu?
Vou comprar um pra testar e tava super na dúvida entre o Taupe e o Stone. Vou levar o Stone.
Obrigada pelas resenhas, sempre salvo nos meus favoritos para não "perder de vista".
Beijos

Silvia disse... [Responder comentário]

Alguém que deitou na BR... Hahahahaha!! Demais! Bjs

Dani ;) disse... [Responder comentário]

Eu uso muito o Taupe da NYX pra contorno, prefiro esses tons marrons sujinhos pra contornar do q bronzers ;)

Bju no core!
Dani do Estação Beauty4you

Dani disse... [Responder comentário]

Amo o Dallas, ao ponto de ter que me policiar pra não usar só ele. Ontem fiz maquiagem no salão e a maquiadora usou um que eu amei e lembrou o Dallas: o bronzer Baked da Urban Decay. Tem um glow lindo, já entrou pra wishlist.

Antonia - makesporciaobella.blogspot.com disse... [Responder comentário]

Renata, eu adoro esse tipo de blush! Um lindo da Mac é o Tenderling, vai com tudo, um pouco mais claro que o Prism, mas a mesma idéia.
E eu tenho o Exposed e "amo com força"! hehe
Recentemente comprei o Douceur da Nars, parecido com o Dallas mas um pouco mais rosado, bem bonito.
bjs
Antonia

Patrícia disse... [Responder comentário]

Meninas onde voces compraram os blushes da TARTE? Desde que vi a Tiffany D. falando dele eu tenho vontade de comprar! E com o que a Milena acrescentou, quero mais ainda! rsrs Ah e se não me engano, o Pressed Amber está a venda na Sacks ainda! =) Beijos

waniele disse... [Responder comentário]

Eu já era doida pra ter um blush da tarte por causa da Antonia (ciaobella) e por causa da Tiffany D.
Agora, vem vc e me deixa com mais um na lista: pressed amber!
Ultimamente tô 'precisando tanto' de um blush neutro! kkkkkkkk

beijooos

Milena disse... [Responder comentário]

@Patrícia
@waniele

Oi! Eu pedi meu blush da Tarte com a Nini da BeautyStar Boutique.
Demora pra chegar, mas chega. :)

Bjs!

Andrea Viel disse... [Responder comentário]

Os que mais gostei foram o Pressed Amber e o Dallas.
Me dei conta que não tenho nenhum blush desta cor. Dos meus o que mais se aproxima é o Warm Soul da Mac. Mas não tenho certeza se ele chega a ser um blush neutro.
Otima resenha, as always... bjs

Glorinha disse... [Responder comentário]

eu vou ter de ler mais tarde,a serio,pq agora,nao consigo parar de rir com o DEITA NA BR.

ai Re,so voce!!!!!!

Lucia Marina disse... [Responder comentário]

Mas daonde você tirou esse "deita na BR"? Cruzes, isso é Halloween? Nem tive coragem de ligar o som do pc, vade retro!!

Mas, exemplificou muitíssimo bem o caso do blush, puxa vida! O.O

Quero experimentar o Dallas. Achei lindo.

Bjos!

PS: thanks pela dica do Mac fix+!! O que é aquilo, quero litros! O efeito é estonteante, justamente o que precisava! Várias pessoas elogiaram minha pele, achando que eu tava de cara limpa... pasmei! Quero esse negócio encanado! \o/

Bjos de novo!

Renata disse... [Responder comentário]

Antes de tudo, pra todo mundo que perguntou de onde eu tirei esse "deita na BR": vão ter que perguntar pra Milena; foi ela que me mandou esse link desse video nada menos que chocante. Como na hora que eu vi me pareceu que ela tinha passado fuligem de caminhão na cara, quando eu quis explicar esse "tom" (fuligem) de blush, me lembrei da mulher na hora. Por sinal, não sei quem é essa mulher, acho até melhor ficar na ignorância. haha

Magda, deve ser isso aí: fuligem de diesel rs

Milena, eu preciso experimentar seu Tipsy. Translúcido e pigmentado é minha praia. Nos que eu tenho na família de "neutros", aconteceu de ele perder pra outros que eu gosto mais. Quanto a duração, a maioria dos meus blushes dura super bem - exceto aqueles brasileirinhos, que vão saindo e deixando uma coisa meio... meio uma mancha irregular, sei lá rs Os outros ficam na boa o dia todo, mas é por causa do tipo de pele, provavelmente. Aí parece unanimidade: quem tem problema com duração de blushes ama esses da Tarte.

Silvia, realmente... demais! Eu achei o blush dela - ou o que quer que seja aquela sujeira - "demais", em termos de quantidade! hahaha

Dani, eu também, viu? os mais cinzentos são ótimos pra contorno. A cor desse da NYX sem dúvida é ótima. Mas a qualidade do blush, na minha pele, não funciona bem, não...Eu uso mesmo assim, mas pra quem não tem nenhum, eu recomendaria procurar a mesma cor de outra marca.

Dani (oi? não é a mesma Dani! rs) O Dallas é incrível. Mesmo. Eu não largo dele nunca! haha Putz, bom saber que existe um parecido, porque se o Dallas um dia sair de linha eu vou ter um problemão! No entanto, no momento, como vc pode ver, eu não preciso (nem posso ousar!) comprar mais um nesse tom! rs

Renata disse... [Responder comentário]

Antonia, um tempo atrás eu vi um post nesse mesmo sentido no seu blog, de blushes neutros. Achei que você podia aproveitar esse post também. O Douceur me tentou muito! Mas fiquei na dúvida porque parece que quase todos da NARS têm brilhos, e eu não queria. O douceur tem brilhinhos também?

Patrícia, a Milena já contou pra você, né? Encomendamos de lá. :)

Waniele, espero que as fotos tenham te ajudado a decidir. O pressed amber é mais bonito, eu acho, no acabamento; tem um brilho mas sem partículas visíveis, e não fica, lógico, como na foto. O Exposed é mais pro mate/acetinado. Na foto eles todos estão bem concentrados. Aí depende do acabamento que você prefere. Ah, e pelo que eu vi em fotos por aí, o warm soul parece um neutro mais "quente" (um toque de pêssego?) O pressed amber vai na direção do bege. Pra mim, que tenho tom frio de pele, fica melhor, mas acho que varia de acordo com o tom de cada pessoa. (não achei foto dos dois lado a lado, e não tenho o warm soul pra comparar, é só palpite mesmo rs)

Glorinha, culpa da Milena!

Lucia, respondi lá no começo dos comentários. Sorte sua que vc viu sem som; meio horror é melhor que o horror total que é ver E ouvir aquilo. Ó, o Dallas entrou na minha lista de favoritos (aqui no blog) em 2009 e 2010. Eu tenho um monte de blushes, mas esse é do coração, viu? Recomendo muito. AAAAAAAaaaaaaah, adorei sua idéia de fix + encanado! Ou pelo menos deviam vender por litro, né? Ou galão... hahahah É de pasmar mesmo! Fico super contente que a dica serviu pra você. Eu também comprei por causa da resenha de outra pessoa (a Antonia) e até hoje devo essa pra ela. Os blogs são uma bênção pra essas descobertas!

Obrigada por todos os comentários, meninas!

beijos!

waniele disse... [Responder comentário]

Bem lembrado, Renata, o tom de bele influencia msm... vou dar uma olhada no warm soul...
Me bateu até uma tristeza agora. já tive a oportunidade de comprar o Warm soul por preço original e não levei pq na epoca eu não ligava pra blush neutro.. só rosas e avermelhados... Oh tristeza! LOL

Mas agente sempre dá um jeito né?! rsrs

obrigada pela atenção. ;)

Beijooos

Ísis Favaretto disse... [Responder comentário]

Que coisa linda de viver esse blush Pressed Amber da Mac!
Deve ser desses de todo dia!
Bjos

conversadebeleza disse... [Responder comentário]

Ah, não sei o que acontece com meus comentários: eles somem! :-(

Eu tinha comentado aqui que eu adoro o Exposed e o Dallas. E que eu tenho o Cubic e ele é muuuito bom. E o quanto eu cobicei o Pressed Amber, mas daí eu me contive e não comprei, mesmo sabendo que ele é lindo e tem um super acabamento e etc. É que no fim das contas, eu também tenho muito blush neutro. Aliás, eu tenho é muito blush e pouca vergonha, haahhah

beijão

Renata

Renata disse... [Responder comentário]

Waniele, o Warm Soul você não perdeu, acho que ele é de linha, deve ter na MAC. A menos que você tenha trocado os nomes. O que é LE é o Pressed Amber. ;)

Ísis, se eu não tomar cuidado, uso todo dia mesmo :)

Re, eu já fiz umas vezes o seguinte: dei "enter" no comentário e fechei a janela rápido. O blog tinha verificação de letras, por isso não entrou. Tive que escrever tudo de novo. Vai ver é isso.
Então, eu devia ter comprado o Cubic em vez do Prism, mas agora já foi... Ó, se você tiver mesmo pouca vergonha, dá uma olhada no desapego. Acabei de colocar lá uns blushes e iluminadores (pós).

bjs

waniele disse... [Responder comentário]

Sim, sim!
Ele (o warm soul)é fixo msm. O q eu quis dizer foi a chance de pagar barato q eu perdi. :( rsrsrs

Related Posts with Thumbnails