COMUNICADO

Oi gente!

É provável que vcs notem que em alguns posts do blog há fotos que não aparecem ou não abrem ampliadas em outra janela. Nós tivemos problemas com a hospedagem dessas imagens, por isso algumas foram perdidas.
Já estamos trabalhando a fim de recuperá-las (temos backup, ainda bem!). O processo levará algum tempo, mas vai dar tudo certo.
Agradecemos pelo apoio recebido até o momento, e contamos com a compreensão de vcs. <3

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

O preço dos cosméticos nacionais – um desabafo

Bom, eu já vou avisando que estou escrevendo este post por estar muito P da vida. Então pode ser que vcs notem que o texto fica meio emocional em algumas partes, e que a minha indignação transparece em vários momentos. Mas tudo bem porque, além de ser uma reflexão, o post também é uma espécie de desabafo. Desabafo de brasileira, de consumidora, de pessoa que se sente enganada e tratada como palhaça.
Já faz tempo que eu ando com vontade de comentar sobre os preços da indústria de cosméticos no Brasil. Vinha até preparando um post com indicações de produtos brasileiros que eu acho que são REALMENTE bons e têm uma excelente relação custo-benefício (“vinha” não. Venho. Vou soltar em breve.). Mas hoje eu vou falar do aspecto oposto.
Apesar do exemplo que vou usar abaixo, quero dizer que ele não é a única motivação para o assunto do post. É apenas UMA delas.

Enfim, dêem só uma olhada (só clicar na foto que aumenta):

Preço do blush Make B à venda n’O Boticário de Portugal: 13,90 € (equivalente a R$ 34,19)






Preço do blush Make B à venda n’O Boticário do BRASIL: R$ 56,90



 
Deixa eu só escrever de novo, pra ficar bem claro:

- Em Portugal, vc paga TRINTA E QUATRO REAIS.
- No BRASIL, vc paga CINQUENTA E SEIS REAIS.
- A diferença é de VINTE E DOIS REAIS, ou 65% a MAIS.

E aí, tá se sentindo mais respeitada como consumidora no Brasil? Tá se achando mais valorizada, sabendo que vc paga mais caro por um produto NACIONAL, do que a sua colega européia que tá comprando o mesmo produto, sendo que pra ela é importado?

Analisando o caso:

Eu gostaria de imaginar que existe uma explicação lógica pra isso. Que não se trata apenas de ganância típica das empresas nacionais para cima do já tão sofrido bolso brasileiro.
Será que os impostos sobre a venda dos produtos aqui são tão maiores que justificam uma diferença de 65% no valor final, mesmo depois de computados os impostos de importação em Portugal? Não pensem que não considerei essa hipótese.
Só que um detalhe curioso me faz questionar essa teoria: isso não acontece com todos os produtos. Os batons da linha Intense, por exemplo, são mais caros em Portugal (uma diferença de pouco mais de 10%). Confiram aqui (Brasil: R$ 10,90) e aqui (Portugal: 4,90 € = R$ 12,05)
Aí fica difícil justificar, né?
Se alguém puder me explicar que tipo de imposto pode causar esse aumento seletivo, ou provar que existe outra razão que inocente a empresa de ser a única responsável pela diferença de preços, eu estou disposta a ouvir. Porque no momento, pelos dados levantados, a minha conclusão é a mais óbvia: cobram mais caro da gente porque querem. Simples assim.

Sobre os preços do mercado nacional em geral:

Brasil é país de rico, certo? Nossa carga tributária está entre as maiores do mundo. Assim como a energia, automóveis, combustível, serviços de internet, TV por assinatura, telefonia… Até o McDonald’s aqui é um dos mais caros do mundo! E esses são apenas alguns exemplos. Por que as empresas nacionais de cosméticos seriam diferentes?

Por algumas vezes pensei em fazer uma confissão aqui, mas evitava porque sei que vai ter gente me chamando de esnobe, alienada e sei lá mais o quê. Mas é o seguinte: fora raríssimas exceções, eu já desisti de comprar maquiagem nacional.
Não é só porque pelo mesmo preço eu consigo coisa muito melhor lá fora (o que é verdade. Desculpa, mas eu não vou pagar num batom da Contém 1g mais do que eu pago num MAC.). Mas principalmente por sentir que as marcas nacionais se aproveitam desse boom recente na área de beleza pra jogar seus preços lá em cima e explorar a gente mesmo. E eu não gosto de me sentir explorada, prefiro gastar meu dinheiro em outro lugar.

A gente vive ouvindo a história que as marcas contam quando questionadas sobre seus preços, né? Que a matéria prima é cara, que pesquisa no Brasil é cara, que não podem concorrer com marcas importadas etc.
Aí, quando a marca importada entra no país pelo triplo (algumas vezes até mais) do que custa lá fora, vc pensa “bom, pelo menos agora a indústria nacional está protegida e pode correr atrás do interesse do público, para fornecer um produto que alie qualidade e BOM PREÇO”.
Só que o que acontece é o seguinte: a empresa tupiniquim aproveita o preço da make importada, vai lá e aumenta seus produtos. E isso vira um círculo vicioso e nada muda - com exceção dos preços, cada vez mais altos.

Sei que os impostos aqui são ridículos de tão altos, mas eu também ando de SACO CHEIO de gente jogando a culpa de tudo no tal do imposto.

O exemplo mais recente desse cacoete foi de uma marca que nem nacional é, mas já aprendeu a culpar os impostos: a resposta que a Eyeko deu quando questionada sobre o preço diferenciado para as brasileiras em seu site no exterior.
Pra quem não sabe, enquanto o mundo inteiro paga 19 dólares num produto, o Brasil paga 45 (no 2Beauty tem a história toda, vale uma lida nos comments). A resposta foi que o valor do site (na Inglaterra, veja bem) “incluía as taxas de importação”.
O que acontece é que a marca veio para o Brasil e – aí sim - com os impostos, os produtos que ela traz para cá ficam mais caros. E, para obrigar as brasileiras a comprar os produtos AQUI, a marca aumentou o preço para o Brasil também no site internacional. Mas não tem taxa nenhuma incluída nesse preço. Se vc optar por comprar lá, continua correndo o risco de ser taxada.
Até aí, tudo bem, a empresa tem o direito de escolher atender o mercado brasileiro da forma que quiser. Duro é ter que ouvir esse tipo de resposta em vez de ser informada com a verdade. Não sei vcs, mas isso me mata de ódio.

Enfim, não estou aqui dizendo que ninguém que compra produtos dessas marcas está “errado”, nem é meu objetivo obrigar ninguém a concordar comigo. Mas eu convido todos a fazerem uma reflexão a respeito dessas empresas e suas políticas de preços. Acho que se o consumidor está ciente daquilo que está fazendo, não há problema nenhum. O que me incomoda é a idéia de alguém pagar caro porque não tem todas as informações ou porque não tem opção.

Pra ser justa, não estou criticando só O Boticário não. Também incluo na lista de preços “viajantes” a Tracta, Duda Molinos, a Natura e a Contém 1g.

Pessoalmente, as ÚNICAS coisas do Boticário que eu acho que valem a pena são os batons e sombras da linha Intense e o corretivo Capricho Pocket. Mas provavelmente não comprarei mais.


122 comentários:

Flávia A. disse... [Responder comentário]

Concordo LOUCAMENTE. Eu estou engatinhando ainda nessas coisas de maquiagem,então apesar de comprar sempre, estou começando com coisas mais básicas-e baratas. E sempre,sempre,sempre fico DE CARA com os valores absurdos q o boticário cobra ! Daí saber que no exterior eles vendem mto mais barato me deixa revoltada!! Como assim?!

Enfim,achei um post desabafo com mta razão de ser...além de esclarecer coisas que eu não sabia! Como vc disse, pelo menos agora se eu consumir alguma coisa dessas lojas vai ser sabendo que posso estar pagando um valor nada cabível!

Pri S. disse... [Responder comentário]

Onde eu assino?

Suave Veneno disse... [Responder comentário]

Milena, descobri isso quando vim para o Pais do meu esposo (faz 3 anos) só de férias e descubro que aqui a Natura é mais barata...levei um susto e passei a questionar a compra dos produtos nacionais...a partir disso, comprava o que realmente valia a pena (depois de muito pesquisar...comparava catálogos pela internet entre diversos países e fazia a conversão para reais). Marcas como essas que você citou, deveriam nos tratar com muito mais carinho e respeito...mas o que acontece é o contrário e só sobra para nós arcar com os seus "preços" enlouquecidamente altos. Eu desisti, depois de descobrir esse tipo de sacanagem. E prefiro também investir em importados...porque os nacionais....já me perderam faz tempo. Excelente Post. Parabéns

HELENA disse... [Responder comentário]

Mais uma vez um ótimo post de opinião aqui do Makeup Palooza. Acho que se as consumidoras tiverem opinião formada assimm podem fazer as coisas mudarem!

Aline disse... [Responder comentário]

Este papo de carga tributária é, na maioria das vezes, balela. Já trabalhei na área tributária e boa parte do valor dos produtos é lucro. Aqui no BR pagamos mais caro por vários produtos. Compara o preço do Honda City vendido aqui e do que é México: é o dobro! Detalhe: os 2 são feitos aqui...

Eu nem tenho receio de parecer esnobe: eu dificilmente compro maquiagem nacional. É indiscutível que várias marcas importadas tem qualidade superior. Sou consumidadora da MAC não por causa da marca, mas pela qualidade. Inclusive, amigas que me achavam "metida" por usar esta marca, já pagaram a língua.

Li um reportagem sobre os preços dos carros no Brasil e um executivo disse uma frase que se aplica a vários produtos: se tem quem paga, porque vamos abaixar o preço?

Anônimo disse... [Responder comentário]

o texto está perfeito. não sei como pode, esses dias minha mãe apareceu em casa com uma base natura una, que ela pagou nada menos do que 64 reais! sendo que dias antes eu fui pra rivera, onde comprei 2 bases da revlon mais 1 da loreal pelo equivalente a 80 reais, pelas 3!

Milena disse... [Responder comentário]

Oi Flávia

Qdo comecei a investir em make, tb comecei pelas coisas mais baratas, até porque eu não sabia ainda o que funcionava pra mim e como fazer melhor uso de tudo. Acabei acumulando muita coisa.
Depois que descobri o que servia pra mim, eu fui no sentido inverso: descartei muita coisa, fiquei com poucos produtos e passei a investir em coisas mais caras. Valeu muito a pena.
Maquiagem é aprendizado e pesquisa mesmo. :)




Oi Pri
Tá assinado. hehe.




Oi Suave Veneno

Acho que as marcas cobram mais barato no exterior porque lá elas não são "ninguém", não têm nome. E aí não têm como justificar os preços. Porque só pelos produtos e embalagens, não dá né. Sejamos sinceras.




Oi Helena

Pois é, eu e a Re conversamos muito sobre isso entre nós mesmas, e quando pensei a respeito, vi que não tinha porque não abrir o papo com vcs leitoras. É algo que afeta todo mundo, mas que talvez não seja muito "político" discutir dando nome aos bois.
Mas acho que um questionamento saudável, mesmo com uma certa dose de indignação, pode fazer bem. Pelo menos desopila, né? rs




Oi Aline

"se tem quem paga, porque vamos abaixar o preço?"
Pois é, não deixa de ser verdade. Mas eu acredito que tem gente que paga porque acredita mesmo que esse é o único meio possível de se ter acesso às coisas no Brasil. O que, a rigor, é mesmo. O negócio é mostrar pra essas pessoas todo o mundão de possibilidades que existe lá fora.




Oi Anônima

É duro, né.
Minha mãe tb compra muito na Natura, ela já desenvolveu uma relação de amizade com a consultora dela. Não acho errado, não. Mas ela compra sabendo que tem opção e, quando quer alguma coisa importada, pede pra mim. rs


Bjs meninas!

Georgia Jácome disse... [Responder comentário]

Concordo 100% e tbém não compro maquiagem nacional, nem vale a pena se com o mesmo valor conseguimos comprar importada. Não tenho como concordar mais com vc, totalmente apoiada!

Ana Clara disse... [Responder comentário]

Não acho que uma base da boticário seja melhor do que uma da Nyx ou da milani, falo pq conheço a 3 marcas, sendo que eu pago muito menos comprando essas marcas em sites do exterior do que indo na loja da boticário ou da natura.

Vanessa - Anyway... disse... [Responder comentário]

Penso exatamente como você e aplaudo sua iniciativa de escrever esse post. Aliás, tomei a liberdade de divulgá-lo no twitter e Facebook, pois acredito muito no poder de disseminação dessas redes.
Particularmente desisti das maquiagens nacionais há algum tempo. Realmente pode parecer uma atitude esnobe para quem pouco entende, mas para quem sabe minimamente do assunto, não. É impossível pagar os valores que Boticário e Natura cobram por produtos muuuito inferiores aos Mac por exemplo (que lá fora, diga-se de passagem, nem é uma marca considerada de luxo).
Parabéns pelo post!

Erica disse... [Responder comentário]

Excelente post!
Nunca fui fã d'O Boticário, exatamente por pensar que o preço não fazia jus à qualidade.
Se acreditarmos que a internet é um meio de formar opinião, esse post será de extrema importância p/ que comecem a repensar sobre os valores cobrados.
É o seguinte: enquanto as pessoas comprarem, os preços não vão cair.
Fácil é culpar os impostos (Maldita falácia, tão perigosa e enganadora quanto a mentira). Culpa nossa que compramos e aceitamos os preços, certo?
(P/ refletirmos).
Milena, muito bom o post! Muito bom!
Beijo,
Érica.

Lis Tavares disse... [Responder comentário]

Oi Milena!
Maravilha de post!
Eu sempre consumi muita coisa da Avon e Natura. Acontece que muitas vezes os preços são semelhantes a Mac, Revlon, ou Maybelline por exemplo. Hoje eu prefiro também pagar mais caro por coisas melhores, não compro tanto como antes, mas quero optar por coisas melhores. O chato é que cada dia mais as coisas aqui ficam mais caras, não sei se as pessoas não percebem ou não se importam. Meu bolso é raso e não entendo por que o shampoo L'oreal custa lá fora $13 e aqui custa R$94 haja imposto...
Excelente seu post, eu estava aqui fazendo pesquisa de shampoo e chorando por que a Feel unique não entrega mais L'oreal aqui, fui ver nas lojas brasileiras e o mesmo shampoo tá R$94 assim não dá!
Beijo

Milena disse... [Responder comentário]

Oi Georgia

Obrigada! :)




Oi Ana Clara

NYX e Milani ainda são marcas mais em conta. Eu vou ainda mais longe, as coisas do Boticário e da Natura são mais caras que Revlon (que é uma boa marca de farmácia) e até mesmo MAC (que não chega a ser high end, mas é uma marca intermediária).




Oi Vanessa

Obrigada por compartilhar o post. E sim, depois que vc começa a entender de make, vê que fica difícil justificar os preços daqui.
E concordo, a MAC não é mesmo uma marca de luxo. Mas é inegável que em termos de qualidade, no geral, está há anos-luz de distância das marcas nacionais. E em termos de preço tb, pelo visto. rs


Bjs, meninas!

Duas Lus disse... [Responder comentário]

Oi Milena!

Eu até gosto de muitos produtos do Boticário (estou citando pois foi o exemplo que vc deu), eu até quis comprar os blushes novos da linha make B, mas quando vi o preço, desisti. Não pago por eles mais do que um da NARS DE JEITO NENHUM!
Assino embaixo de tudo que vc escreveu.
Bjos!
Lu Vilela

Vanessa SPBR disse... [Responder comentário]

Várias vezes já comprei importado e deixei o nacional por causa da diferença de preço.
Não sei o motivo verdadeiro de produto nacionai ter preço elevado.
Sou nacionalista, mas em relação a gastar menos, comprar produto de qualidade, compro importado.
Uma pena, pois com isso diminuimos o emprego no Brasil, mas é o jeito.

Beijinhos****

n disse... [Responder comentário]

É isso aí, Mi!!! Eu já desisti de maquiagem nacional por isso também... a única "nacional pero no mucho" que ainda mantém preços razoáveis é a Avon, mas eu, particularmente, não me adaptei a ela...

Natura, parei de comprar; Boticário, só os batons da Intense; Contém 1g, nem passo perto... Vult eu ainda arrisco alguma coisinha de vez em quando, e Duda Molinos (que tb é Vult, né), eu acho um abuso.

Voltando ao seu post, os valores discrepantes daqui e lá de fora ficam ainda piores se vc levar em conta que, na Europa, se ganha em Euro e que o salário mínimo de lá é o dobro do nosso (e em Euros!). Assim, um batom que custa EUR4,90 lá é o equivalente a R$4,90 aqui, nivelando por baixo...

Acho que o comentário do executivo aí em cima diz tudo: se tem quem pague, pra que vamos baixar os preços?

bj!

Bia Barrios

Anônimo disse... [Responder comentário]

Olá Milena!!!

Perfeito o teu post!!! Achei um absurdo eles praticarem este preço no exterior, logo lá aonde as clientes tem uma gama imensa de produtos às vezes a preço de banana, como é o caso da Maybelline e outras!!!.

Acho que a indústria nacional deveria tomar mais cuidado, principalmente com a grande explosão de blogs formadores de opinião como é o teu!!!

Se eu alguma vez fiquei na dúvida entre gastar um pouco mais e comprar um produto importado, agora com este post minhas dúvidas acabaram!.

Beijos e mais uma vez parabéns!

Déborah- Porto Alegre-RGS

Milena disse... [Responder comentário]

Oi Erica

No começo, os preços são menores. Nos anos 80, O Boticário não cobrava valores exorbitantes. A Natura também já teve preços menores. E todo mundo lembra do pulo nos valores dos produtos Duda Molinos, quando mudaram as embalagens, né?
Então eu acho que grande parte do público não nota essa escalada, porque vai se acostumando com a marca e tal. Se for levar em conta o pessoal que nem sonha em comprar online no exterior, fica explicado porque o todo mundo ainda consome.
Eu gostaria de ver é consciência partindo do empresariado mesmo, sabe. De que lembrassem das promessas antigas de oferecer qualidade aliada a preço.
Mas se uma pequena parcela (o público dos blogs) começar a repensar esse consumo, já é alguma coisa...




Oi Lis

Concordo com vários pontos.
Mas pessoalmente não coloco a Avon nesse meio que eu citei, sabe. Acho que eles têm uma faixa super variada de preço, para todos os bolsos.
A Avon tem batom de 4 reais, por exemplo, e vou dizer que tenho alguns que eu GOSTO, de verdade. Não são fedidos, não ressecam meus lábios... Melhores do que muito batom por ai de 30 reais.
E não é tudo, claro, mas muitos produtos mais caros costumam oferecer uma qualidade muito superior do que o que se encontra normalmente no mercado nacional.
Sem contar que é uma multinacional que produz aqui, faz sempre promoções com verdadeiras reduções de preço no catálogo, etc.




Oi Lu Vilela

Sim, que bom que vc entendeu meu ponto. A minha crítica não está em dizer que os produtos são todos ruins, porque não é o caso. Mas que são incompatíveis com o preço. Principalmente se levarmos em conta o que conseguimos com o mesmo preço, lá fora.
Nada de errado em curtir o blush, mas que dói ver o preço, dói, né?




Oi Vanessa

Sei lá, tb não entra na minha cabeça esse disparate nos valores. Preferia poder comprar coisas legais aqui, por preços convidativos. Mas... :/




Oi Bia

Pois é, falei sobre a Avon logo acima, considero ela diferente mesmo.

A Vult ainda manteve a faixa de preços, apesar das mudanças, né? Eu gostava das sombras antigas, mas não curti a nova embalagem/prensagem.
Acho que a Duda Molinos, apesar de ser fabricada pela Vult, entra naquele caso de "nome", sabe? Ganhou fama nos blogs, tem uma personalidade por trás... Acho que já tinha nos planos esse começo modesto e um posterior aumento nos preços. :/




Oi Déborah

A gente às vezes compra aqui por impulso ou por preguiça de fazer todo o ritual de site de compra + eperar pelo Correio, ou então porque imagina que vai pagar ainda mais caro num produto importado.
Mas se resistirmos ao impulso e conseguirmos esperar, vale muito a pena.


Beijos, meninas!

Silvia disse... [Responder comentário]

Milena, concordo totalmente. Dias atrás estava procurando um gloss Dior que meu cabelereiro passou em mim, desses que deixam bocão. Pois bem, perguntei numa loja aí e tá custando aprox. R$95,00. Então passei na Contém 1g, pra ver se eles tinham algo semelhante...pra minha surpresa tinham sim, um gloss que custava R$56,00! Pô, se é pra pagar 60 pila num gloss, pago 100 e levo Dior, né?

Os preços da Contém 1g pra mim, está ridículo de absurdo. E compartilho da tua opinião sobre o que presta n'O Boticário.

Beijos

Silvia disse... [Responder comentário]

*cabeleireiro...argh, odeio erros. hahaha

Danielle Nóbrega disse... [Responder comentário]

Penso exatamente do mesmo jeito. Desde que vi um video de uma brasileira que mora na espanha, mostrando produtos do O Boticário e lá bem + barato que aqui no Brasil e o mesmo produtos e embalagem idem.
O problema é que maquiagem ainda é considerado item de luxo no Brasil. E outro, brasileiro, tem aquele ilusório pensamento que, Produto bom, é produto caro. Esta ai explicado o preço absurdo que as empresas colocam em seus produtos.
É assim porque Brasileiro compra. Americano é diferente, tá caro, não compra. Preço não é sinomino de qualidade. Brasileiro deveria pensar assim. A maioria dos Brasileiros não ligam de pagar caro e não reclamam. Eu ligo sim e me sinto lesada.

Nanda disse... [Responder comentário]

Oie!
Apoiada concerteza!
Mais isso tb acontece com a avon... E várias outras marcas... Realmente absurdo.
Justamente por isso que penso como você, adoro o primer da 1G, mais pelo preço dele compro primer da Mac... Prefiro esperar mais de mês pro meu produto do que chegar em casa me sentindo sacaneada.
Parabéns pelo post.

Geovana disse... [Responder comentário]

Milena, adoooro seus posts ! Compartilhei no Facebook, tanto no meu mural como no grupo Mulheres Médicas.
É de revoltar !!!

Sheila disse... [Responder comentário]

Oi Milena,

Você escreveu o que há tempos eu penso, pra mim os preços da Eyeko subirem pra gente foi o fim da picada. Não compro maquiagem O Boticário, Natura ou Contém 1g - que nem tem aqui em Foz do Iguaçu, na verdade - porque eu não aceito pagar R$ 50 numa base da MAC em duty free e pagar mais do que isso em base nacional! Idem as marcas importadas que ficam carésimas aqui - e eu agradeço morar em fronteira e poder saber que não sou assaltada quando quero comprar Maybelline, Revlon ou L'Oréal! Não por ser esnobe, mas porque detesto ter minha inteligência subestimada!

Impostos, isso, aquilo... não me interessa! Meu bolso não enche sem meu esforço, meu salário é real em Real!

Beijocas, bom fds.

Pedro disse... [Responder comentário]

Isto não é nada perto do preço do Cetaphil no Brasil. Tem produto Cetaphil aqui que já vi custar umas 10 vezes menos do que nos Estados Unidos. DEZ!

Como se não bastasse, aí vai um "detalhe": Cetaphil é produzido aqui mesmo no Brasil!

Claudia Melo disse... [Responder comentário]

Na minha opinião, a Contém faz pior que o Boticário.

A linha HD da marca tem preços que variam de R$ 63 (um corretivo, que se usado todos os dias acaba antes de um mês de uso) até R$ 118 uma base que só funciona bem se você usar o pó da mesma linha (que custa R$ 80 e tantos)
Sem contar a insistência em empurrar o primer da marca (que custa mais de R$ 90), alegando que "a qualidade é de maquiagem importada".

Lucia Marina disse... [Responder comentário]

Oi!

Concordo plenamente com seu post. Muita gente já me tachou de esnobe e metida à besta por conta disso. Já tentei explicar meu ponto de vista, mas desisti.
Você põe na balança e compra lá fora. Não tem discussão. Veja bem, o produto é fabricado aqui, com produtos brasileiros, desenvolvimento sustentável e tals e custa os tubos! Me sinto lesada e não compro. Como você disse, são raríssimas as excessões... mas elas sempre saem de linha! :(

Bjos!

Glauce disse... [Responder comentário]

www.precojustoja.com.br
Manifesto do Felipe Neto... não custa tentar, né? Assino embaixo do post da Milena e dos comentários!

Gislaine Ceregatti disse... [Responder comentário]

Chamei meu marido (oi Rafa!) pra ler o post comigo, pois há tempos falo pra ele a mesma coisa: "Quê! Pagar isso no produto X sendo que eu compro o Y importado pelo mesmo preço?! Nem f*dendo!"

E isso não é só com maquiagem não, mas com produto pra cabelo, perfume, protetor solar, ou seja, tudo da seção "cuidados pessoais" do supermercado, manja?

Acho que como vcs disseram, como ainda tem gente que nem pensa comprar do exterior, não se aventura em compras online nem por decreto ou quer a comodidade de levar o produto imediatamente pra casa, todos acabam pagando o preço disso, literalmente.

Ainda, mais uma coisa, o setor industrial brasileiro tá comemorando o boom do consumo de produtos de beleza e levando todo mundo na onda deles! Lí no jornal esses dias que "o brasileiro ainda não consome hidratante corporal, é um nicho a ser explorado..." **Quê!?** Só por isso já dá pra ver a quantas anda o mercado nacional.

Então, sinto muito colegas de trabalho (tem uma que só usa make B e se acha)(eu não compro make "Bi", me dá impressão que to usando um produto de qualidade B... mal pensado esse nome) voltando... Sinto muito colegas de trabalho, amigas, me chamem de esnobe, mas uso perfume, maquiagem e produto de cabelo importado, sim! E ganho o mesmo que você que usa "Make de qualidade B".

Duda disse... [Responder comentário]

Revoltei tambem!!!! Vou te dizer há mooooito tempo deixei de comprar QUALQUER produto (fora esmalte) aqui no Brasil, e depois do seu post agora eu NAO compro e nem dou pra presente.. BOICOTE TOTAL SEU BANDO DE SANGUESSUGAS!!!!!

Patrícia Maia disse... [Responder comentário]

Meu questionamento foi um pouco mais além no mês passado (você parece que leu meu pensamento).
Voltei de uma viagem a França sem entender o motivo da marca L'Occitane praticar preços semelhantes (não muito superiores) na Europa e no Brasil quando as marcas nacionais alegam que aqui no Brasil tudo é muito caro. Então pq uma marca muito melhor consegue manter o preço? E outro absurdo foi perceber que a Natura é mais barata por lá. Como assim? Para Natura sair do pais tem frete, impostos de importação nos países europeus (que também não são baratos) e ainda tem que ter um marketing diferenciado pois o público de lá não conhece a marca e com certeza não confia mais numa marca brasileira do que em suas excelentes marcas locais.

Por essas e por outras que somente compro maquiagem aqui por algum motivo muito específico (e mesmo assim vou a MAC pois ela nem possui preços tão mais caros que as nacionais).

E com relação ao Make B, concordo com o comentário acima pois desde o lançamento comentei que o nome era horrível e me levava a associação de linha B.

Obrigada novamente pelo desabafo que com certeza levará alguém nessas empresas a começar a ver que as consumidoras não são tão bobas como eles pensam.

Desculpe pelo enorme comentário.

Bj

Carla Carolina disse... [Responder comentário]

Caraca! O que posso dizer? Caí para trás ao ler isso! Muito foda, né? O jeito é boicotar as marcas nacionais mesmo!!!

Estou pasma da vida!!!

miss m disse... [Responder comentário]

Eu concordo 110% com o que você disse.E no meu caso, ainda com um agravante. Sou negra.Nem preciso rezar o rosario todo né?Engraçado que eu já estou ensaiando fazer um post no meu blog (escrevo em um com uma amiga) há um tempão, sobre isso(se vier alguma menina gritando que uma fulana fez umpost assim assado em outro blog, já sabe!kkkkkkk!).E sobre o fato que, tirando exceções, não temos make realmente barata no Brasil, em comparação á grigolandia.E o pior, é você escutando meninas de outros blogs querendo dizer que é tudo normal, que é somente o tal do imposto e se a gente for parar apar apensar, "vale super a pena".AAAAAAAAAAA qual é!

Andrea Viel disse... [Responder comentário]

É revoltante. Também uso maquiagem comprada no exterior porque não dá pra encarar or preços abusivos de Natura, Contém 1G, Boticário, Avon pra citar algumas.
Mas vejo marcas que são ditas "creusas" que estão melhorando muito a qualidade à preços honestos. Como Yés Cosmetics,Vult, Anaconda, Toque de Natureza, Marchetti, Fenzza. Não tenho preconceito não, se me agrada e não me dá alergia, compro sem problema. Olha que muitas maquiagens destas marcas tem produtos comparaveis a Nyx e Milani.
Se estas conseguem vender a um preço justo porque as grandes marcas também não podem?

Anônimo disse... [Responder comentário]

Concordo com vc Milena, temos preços muito altos mesmo. Não é mentira que as empresas pagam aqui uma carga de impostos exorbitante para importar matérias primas, pagar seus funcionários...Vamos votar melhor... mas poderiam ter um pouco a menos de lucro acredito eu. Porém, acho que deveríamos divulgar nossas boas marcas com preços decentes. Veja a Payot, por exemplo. Poucas blogueiras falam da marca, dizem que tem cores äntiguinhas"mas é um produto de ótima qualidade, preço justérrimo e ainda é vista como marca cara. Os consumidores nem sabem de seu preço. Uma pena. Ainda acredito no Brasil e acho que deveríamos criticar aqueles que estão demais mas também fuçar e aplaudir os que se mantém firme e fortes nos respeitando como consumidores.

Karen Lommez disse... [Responder comentário]

Nossa, já comprei coisas caríssimas dessas marcas brasileiras porque sou boba, porque sou impulsiva, mas concordo com vc, totalmente. É uma vergonha! Depois que compro me arrependo quando lembro que daria pra comprar coisas ótimas da MAC aqui por quase a mesma coisa.

Bárbara Oliveira disse... [Responder comentário]

Concordo e assino embaixo!
É que o Brasil é o país da desigualdade, então, essa não poderia ficar de fora, não é mesmo? Deplorável...

KOHL disse... [Responder comentário]

Oi Milena,
É a primeira vez que entro no seu blog seguindo o link que uma amiga postou, AMEIII o post!! Vou ter que dar uma olhadinha em tudo agora hehehe
Enfim, concordo e assino em baixo.
A Cony do futilish postou esses tempos falando do mesmo tema mas para roupas. E nos comentarios uma menina postou uma frase que virou meu slogan: "Não sou milhonaria, por isso só compro do exterior!!"
Adorei e adotei!! Não julgo e não é da minha conta o que as outras pessoas fazem com seu dinheiro, mas quero que o meu renda ao maximo então se posso comprar MAC pelo mesmo preço ou mais barato que boticario, qual vou preferir!??
Bjsss

Marcele Leite disse... [Responder comentário]

Muito bom esse post... Puro, verdadeiro e cristalino... O mercado brasileiro tá uma vergonha, não só em makes! a minhas por exemplo, são na maioria compradas fora. Aqui, não anda mesmo valendo à pena. Principalmente lendo textos como esse.

Mariana Santacruz disse... [Responder comentário]

Não costumo comentar, mas desta vez eu precisei! Assino embaixo da sua indignação. Agora eu só vou de NYX, que, na minha humilde opinião não perde para nenhuma, e é baratinha! AMO.

waniele disse... [Responder comentário]

Como varias meninas já diseram eu tenho o mesmo pensamento q o seu e já diseminei essa ideia com tudo q é mulher q eu conheço (a ideia da falta de respeito e de vergonha das marcas de makes nacionais).
Tbm desisti de comprar os produtos dessas marcas, não pq são ruins, mas pq o preço não condiz em NENHUM ASPECTO ao produto respectivo.
quer cobrar caro?! OK, me apresente um otimo produto em uma otima embalagem e eu pago! simples assim. kkkkkkk
mas essa poca vergonha de vender produto mais ou menos por preço de make de qualidade... afff passo longe, obrigada! :P

lindo post Mi,
beijoooos

waniele disse... [Responder comentário]

ah, sem citar o 'super' atendimento dessas lojas, ou de revistas q tem q esperar 1 mês pro produto chegar...
todo mundo q eu conheço foi mal atentida e passou raiva em lojas da bot! affff
nem dá pra saber oq é pior! kkkkkkk

Anônimo disse... [Responder comentário]

Assino embaixo!!!!
Nossa você não poderia ter falado melohr,vamos parar de comprar cosméticos nacionais quem sabe assim eles não criam vergonha!!!!
Vamos divulgar esse post!!!
Parabéns!
Beijos Mia

vl-pas disse... [Responder comentário]

Estou de pleno acordo com tudo que vc escreveu.
Eu compro sempre no www.sweetcare.pt, com o frete ainda fica beeeemm mais barato. Já fiz várias compras sempre td ok.

Milena disse... [Responder comentário]

Ótimo post,eu também estou cada vez mais decepcionada com os preços praticados pelas marcas brasileiras.Já não basta ter que pagar os olhos da cara se quisermos comprar cosméticos importados aqui no Brasil,temos que pagar os olhos da cara também pra comprar produtos nacionais.
A Natura é a marca que mais me impressiona negativamente com seus preços.Tempos atrás já comprei muita coisa da marca mas hoje não consigo,até porque a qualidade na maioria das vezes não acompanha o valor dos produtos.O Boticário também não está ficando atrás,tirando a linha Intense tudo é caro.Um batom Duda Molinos na Sack's já está custando R$42,90!A Contém 1g se acha a MAC brasileira,mas não vêem que a marca gringa lá fora é muito mais acessível.
Quem viaja pra fora do país,ou mesmo quem não viaja mas lê sobre as viagens dos outros nos blogs(meu caso)vê que além das marcas caríssimas por aqui serem bem mais acessíveis,ainda há uma variedade de bons produtos,de marcas mais desconhecidas que custam baratinho,vendem em qualquer farmácia.É complicado morar no Brasil pra quem gosta de maquiagem,viu?

Renata disse... [Responder comentário]

Tá tudo dito, né? No post e nos comentários. Eu não achava que a palhaçada aqui ia tão longe até ver os preços dos produtos brasileiros lá fora.

E quer saber? Concordo (em parte) com a Danielle. Uma parte da culpa é dos brasileiros que compram. Isso tudo devia ser inaceitável e ponto final. Não comprar. Só vendem a esses preços porque VENDEM COMO LOUCOS assim. Pra quê baixar? Pra quê ser honesto?

Mas tem um detalhe: acho que muita gente não tem idéia de que há opções e acaba comprando por esse motivo.

Por isso eu penso que os blogs de cosméticos brasileiros são importantes: informam essas palhaçadas em vez de pagar pau pra marca tosca (sim, O Boticário e Natura e Contém e etc. têm maquiagens TOSCAS).

Pensando melhor, vou reformular isso: Os blogs de cosméticos brasileiros são importantes QUANDO informam essas palhaçadas em vez de pagar pau pra marca tosca.

Renata disse... [Responder comentário]

Ah, isso soou 'louros pra nós mesmas', mas não era a idéia. hahahah

Esqueci de dizer que eu achei o post super bem escrito, mas gostei tanto da primeira versão dele! hahaha
bj

Andréa disse... [Responder comentário]

Milena, concordo totalmente!

As empresas brasileiras estão aproveitando o boom na onda de maquiagem, cosméticos e esmaltes para explorar as consumidoras.

Essa semana tb me revoltei lá no blog pq o mesmo acontece com os esmaltes. Antes custavam R$ 1,00, agora custam R$ 4,00.

Sem nenhuma explicação!

Se quiser, dá uma olhada lá: http://makemehappy-ea.blogspot.com/2011/10/preco-dos-esmaltes-o-que-acontece.html

Bjo!

FelixCatus disse... [Responder comentário]

Comprei, há alguns meses, Melora C Mousse com fps 15. Comprei na Sweetcare.pt

Fui taxada.

Valor total pago, com impostos inclusos = R$ 110,00

Preço médio nas drogarias do Brasil (com os mesmos impostos inclusos) = R$ 150,00

Similar nacional: Improve C Mousse da Dermage = R$ 132,00

Conclusão: comprar o nacional não tem vantagem alguma. Não sai muito mais barato do que comprar o importado nas lojas brasileiras e sai muito mais caro do que comprar de vendedores estrangeiros na net,ainda que pagando normalmente os impostos.

E não se esqueça que a carga tributária na importação é alta, com uma alíquota efetiva mínima de 60% no desembaraço aduaneiro.

E a maquiagem brasileira? Essa é um assalto mesmo. E se é barata, vamos combinar, nem tem tanta qualidade assim. Ultimamente, os blogs vêm exaltando determinadas marcas, rotulando-as como boas e baratas, mas acho que é porque nossas consumidoras se contentam com pouco, muito pouco. Porque elas nem são tão boas assim. As marcas de farmácia americanas são superiores e custam o mesmo (e às vezes menos).

Existe, sim, uma relação de custo benefício, em que o benefício é: se não me deu alergia, tá valendo.

Cosmética é beleza mas, acima de tudo, é saúde também.

Passar porcaria no rosto não dá.

#prontofalei

Andrea Viel disse... [Responder comentário]

Pois então FelixCatus, também costumo comprar na Sweetcare. Mas acho que a Receita Federal já sacou, porque as minhas últimas duas encomendas de lá também vieram taxadas.
Tudo bem que ainda assim compensa, mas dá uma certa indignação pagar um imposto tão pesado.

Agislânia disse... [Responder comentário]

Também venho percebendo isso faz um bom tempo.
Trecho que eu super me identifiquei: "Mas principalmente por sentir que as marcas nacionais se aproveitam desse boom recente na área de beleza pra jogar seus preços lá em cima e explorar a gente mesmo."
Foi a primeira coisa que pensei (e sustento esse pensamento cada vez mais) quando vi os preços começarem a subir super enlouquecidamente. A AVON tbm ta botando as manguinhas de fora. Sobre os esmaltes eu só fico feliz de ter comprado os meus na paixão temporária pq agora ñ corro mais o risco de gastar com os atuais preços absurdos.
Melhor post do ano na minha humilde opinião. Assino embaixo.

Magda Michelle disse... [Responder comentário]

Apoiadissimo, fico abismada com os preços que a Contém 1g, Natura e Boticario praticam, não vou deixar de comprar maquiagem importada que é mais barata e de maior qualidade para comprar destas marcas nacionais, mas não deixo mesmo. Adorei o post, pois por causa dessa exploração que não compro mais dessas marcas. Bjs.
http://makefeita.blogspot.com/

Ildete Pereira disse... [Responder comentário]

Perfeito!

Também compartilhei no Twitter e Face.

Beijo,
Ildete
Mossoró-RN

livia. disse... [Responder comentário]

há umas semanas atrás entrei num boticário e quase comprei um blush da linha mineral deles que custa mais de 70 reais!
era totalmente por impulso, porque JAMAIS um blush do boticário vale esse preço!

estou numa fase comprando menos maquiagens também, e dando mais valor pra produtos bons de verdade.
e aí óbvio que sempre caímos nas marcas importandas, né?

eu ainda gosto de duda molinos, mas só compro naquelas perfumarias mais populares, nas quais os preços são bem melhores! enqto na sacks o batom custa 40 reais, eu pago 25 :)

bora boicotar! somos assaltados todos os dias em tudo que compramos por aqui e nos conformamos com a situação!

excelente o post, tomara que mais blogueiras falem sobre isso!

beijos

Marcella disse... [Responder comentário]

Milena, eu junto meu rico dinheirinho pra viajar 1 vez por ano e comprar lá fora....me enriquece como pessoa, compro o que eu gosto, e volto PUTA de ver que o Brasil é uma m... porque o povo aceita, desculpa desabafar assim,mas eu entendo um pouco de economia e direito tributário,imposto foi feito pra ser arrecadado e virar hospital,educação e segurança.Aqui ele vai pro ralo,todo mundo sabe porque, e na hora de fazer alguma coisa o povão cruza o braço.Reforma tributária não será feita porque do jeito que tá está favorecendo grandes interesses,não vou me estender porque vou virar a mala dos comentários...rsrs e a galera tá preocupada com reality show,não com decisões políticas...Só por Deus mesmo.

maria_drix disse... [Responder comentário]

Excelente post, concordo totalmente!
TEm seculos que nao compro maquiagem nacional, ( excecao pro corretivo de 15 reais da avon... bom e barato)junto meu dinheiro e compro tudo quando viajo. e o que esqueco, mando bala na skinstore. e to felicissima usando boa qualidade de make e sem gastar os tubos.
Parabens pela iniciativa de trazer esse assunto a baila, acredito que muitas das pessoas que pagam uma fortuna pra produtos toscos nacionais nao sabem que existem outras opcoes.
Concordo que blog bom eh blog que informa em prol do leitor ( e nao que fica so repetindo release de industria) e portanto vcs estao de mega parabens.
bjs

danilo oguino disse... [Responder comentário]

Concordo com TUDO que voce disse!
e um absurdo!
pena que a maioria das consumidoras brasileiras nao tem nocao quanto a essa variacao de preco e essa exploracao!

Glorinha disse... [Responder comentário]

vida longa aos blogs a moda antiga!
vida longa as lojinhas das amigas
e quer saber?vida longa as tranqueiras chinesas pelo menos nao enganam ninguem!

apesar de ter blog ha 3 anos so essa semana me dei conta que a sombra da MAC custa 15 dolares...
se eu que vivo xeretando,so soube disso agora,coitado do consumidor de massa...

ja nao basta a midia para empurrar goela abaixo,ainda vem um monte de blog vendido,de opiniao corrompida pagar pau para as marcas...

obrigada Milena.obrigada Renata!
vida longuissima ao blog e a pessoas de carater como voces!

Mari disse... [Responder comentário]

Eu concordo com tudo.
E gostaria de boicotar marcas nacionais mesmo. O problema é que a maioria das pessoas não tem disponibilidade de comprar coisas importadas. Elas são mais baratas uma vez que você tenha dinheiro pra viajar pra fora, o que já envolve bastante dinheiro de cara. Eu fui pros EUA cerca de 1,5 ano atrás, e voltei com alguns arrependimentos de coisas que não comprei. E não achei o mesmo produto pra vender pela internet, em nenhum nesses vendedores mágicos que mandam as coisas pra cá (era um batom da L'oreal, nem era difícil, agora já desisti mesmo). Claro que nesse meio tempo comprei outras coisas, pela internet, mas queria colocar que a gente não consegue acesso total ao que existe pra vender lá fora. Tem coisa q eu sei q vou poder comprar daqui uns dois anos, que é quando vou poder viajar pro exterior de novo, e a maioria das pessoas nem tem nenhuma possibilidade disso. Então a questão principal acho que nem é informação, e sim acessibilidade. Claro que a informação ajuda pra classe média com possibilidade de encomendas, viagens e inglês pra desvendar os sites que enviam pra cá. Mas não pra todo mundo (se bem q, pensando agora, esse também não é o público que vai pagar 70 reais no blush do boticário).

Em outro ponto, só pra relatar como, mesmo comprando as coisas no Brasil, a gente sempre passa por pessoas-q-compram-coisas-importadas. Acho que mta gente bloqueia e nem olha os preços. Já me perguntaram q lápis de olho eu usava, aí disse q era da bourjois e a pessoa faz muxoxo e diz "ah, mas é importado". Aí até eu dizer que é o mesmo preço do da Natura que eu usava antes, só que melhor... (se bem q até esse lápis da Natura é mais caro q o da Bourjois agora).

Sobre a Natura, até que as linhas mais baratas são bacaninhas, com batom por 12 reais e essas coisas. Só nunca consegui comprar nada da Una mesmo. Dá vontade, mas dóooi de ver os preços. Queria comprar coisas da Avon, mas não conheço revendedora. É o chato dessas marcas, a gente quer comprar e tem q ficar caçando consultora. Tipo Yes q tbm não conheço ngm.

Sol Ribeiro disse... [Responder comentário]

@Danielle Nóbrega
Concordo Danielle, deveríamos ter esse critério sempre antes de realizar uma compra, aí impúnhamos respeito aos nossos reais tão suados!

Sol Ribeiro disse... [Responder comentário]

De fato, vale muito mais ter paciência e comprar produtos onde os fabricantes respeitem seus consumidores.
O jeito é boicotar o abuso!

babytequilla disse... [Responder comentário]

milena voce bem poderia enviar um email a boticario e natura perguntando sobre esse absurdo ,ficaria curiosíssima pra saber a resposta ,se eles tem alguma justificativa sobre isso

Dani disse... [Responder comentário]

Eu também fico indignada ao saber que um produto nacional pode custar mais barato lá fora do que aqui e concordo que muitas marcas nacionais estão "se achando" e praticando preços incompatíveis com a qualidade dos seus produtos e com o poder aquisitivo do brasileiro. Mas também acho que não podemos ter uma postura de desvalorizar as marcas nacionais, colocando como se qualquer produto fosse melhor só pelo fato de ser importado. Por exemplo, recentemente comprei o lápis Longa Duração da Natura Una e achei maravilhoso, foi o lápis que mais durou na minha linha d'água até hoje. Ainda tinha lápis no dia seguinte e olha que eu demaquilei com Bi-Facil. Ele custa 33,50 se eu não me engano na revista mas comprei numa lojinha aqui do Centro do Rio que dá 20% de desconto no dinheiro, então saiu por uns 26 dinheiros. Achei super justo por ser um produto ótimo, então não acho que cabem comparações do tipo: "Ah, mas é mais caro que um lápis de marca de farmácia americana". Agora, concordo que O Boticário nunca teve uma maquiagem assim de primeira linha e tá muito cara e a maioria dos produtos da Natura Una são uma exorbitância e não valem isso, tipo aqueles sombras "Mineralize inspired" que foram super gongadas.

Tamara disse... [Responder comentário]

Sabem que mais, eu acho terrível me sentir pressionada a procurar lá fora lojas onde possa fazer melhores compras que aqui. Contribuo para a riqueza delas, tenho alternativa? A minha última descoberta para todas as marcas conhecidíssimas é a lojaglamourosa . Pura e simplesmente, não percam.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Que bom que um blog postou a respeito desse assunto, pois REALMENTE as marcas nacionais estão explorando os consumidores. Consumo mt maquiagem e concordo que as marcas citadas como Contém 1g, Duda Molinos, Natura, e etc. tiveram um aumento enorme nos preços, e a melhor qualidade não justifica tamanha diferença, pq no fim NÃO são importados. Importado tem o direito de ser caro, pois aléms das taxas de importação, infelizmente, são anos luz de qualidade comparados aos nossos. Triste realidade, e por isso BOICOTO mesmo. Não compro.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Que bom que um blog postou a respeito desse assunto, pois REALMENTE as marcas nacionais estão explorando os consumidores. Consumo mt maquiagem e concordo que as marcas citadas como Contém 1g, Duda Molinos, Natura, e etc. tiveram um aumento enorme nos preços, e a melhor qualidade não justifica tamanha diferença, pq no fim NÃO são importados. Importado tem o direito de ser caro, pois aléms das taxas de importação, infelizmente, são anos luz de qualidade comparados aos nossos. Triste realidade, e por isso BOICOTO mesmo. Não compro.

Dáfni disse... [Responder comentário]

Milena, de fato, o pessoal começou a viajar absurdamente. Um dia desses fui ver uma linha da Tracta, com pós que tinham cobertura com design de onça, e vi como era de má qualidade; mas pelo design do produto, custava 50 reais.

Isso que está acontecendo com as marcas de make aconteceu um tempo atrás com as de roupas. Poxa, eu sou do tempo que comprar roupa na Colcci era barato, tipo pagar um preço compatível com as coisas mais caras da C&A. Hoje em dia não dá pra comprar nada lá. Isso pra citar um exemplo.

Então, se formos nos basear neste exemplo que dei, estamos ferradas, porque as marcas vão continuar comn seus preços altos porque isso dá status.

Beijos

Grace disse... [Responder comentário]

Milena o seu post está maravilhoso! Concordo com tudo o que vc disse, e ainda acrescento que essa situação absurda não está somente nas maquiagens, a ultima moda agora é as lojas populares como C&A e Riachielo aumentando os precinhos também nas novas coleções. Tipo uma simples blusa regata não sai por menos de 40 reais!!
Aqui nesse pais nada pode despertar um certo interesse no publico que os preços são elevados de uma forma absurda, esquecendo que o aumento do valor deveria (de uma forma honesta e justa) ser acrescido de qualidade.
O pior que o nosso governo ao invés de diminuir os impostos ou cobrar preços mais justos, faz o que aumenta a tacha de importação obrigando o consumidor a pagar caro em produtos inferiores para "proteger" a industria nacional(exemplo mais recente a taxação dos carros chineses). Infelizmente essa é a nossa realidade.

bjs!

Anônimo disse... [Responder comentário]

Milena, não consigo concordar MAIS!
Já cheguei a achar uma cor perfeita de batom na Contém1g, mas por ódio do valor, comprei uma cor da Mac parecida... achei burrice pagar 36 reais num batom cremoso q transfere em tudo, podendo pagar 26 num batom mate de verdade!!!!
Como não viajo mto pro exterior, acabo tendo que comprar uma coisa ou outra no Brasil. Em geral, escolho as cores pela net, ou testo nas lojas e espero alguém viajar pro exterior e encomendo. MIL VEZES MELHOR! Os preços são ridículos e a qualidade é AINDA PIOR!

Um absurdo! Concordo. Duda Molinos eu já comprei, nas embalagens antigas, achava caro já antes. Hj não compro mais... Natura, só a linha mais barata na promoção e só alguns produtos. Acho uma absurdo. BotiCARO não compro nem por decreto. Tenho coisas de lá, pq ganhei de presente. Tenho ódio da especulação deles... não compro.

Paloma disse... [Responder comentário]

Milena,

concordo totalmente com vc!
Quando comecei comprar produtos internacionais, ouvia coisas "nossa, tá rica hein!". E olha q nem é MAC, é Nyx mesmo!!rsrs Quando explicava a diferença de preços q qntas coisas podia comprar pelo preço de um batom por aqui, várias amigas mudaram o pensamento e se renderam às compras internacionais tbm!!

Mas acredito que essa prática de querer se dar bem em cima dos consumidores não seja exclusiva das grandes marcas, o que tem de lojinhas virtuais administradas por consumidoras como eu, vc e todas que comentaram que adoram superfaturar com produtos importados não é brincadeira, nada explicar alguém vender um batom da NYX por R$20, qndo custa $1,99 ou o condicionador da Aussie por R$60 , qndo custa $5. Demonstra bem que no que essa uma cultura nossa. Até pq só vendem esses produtos por esses preços pq tem quem pague. Infelizmente muitos não sabem q são explorados por estes e continuam comprando e pagando muito mais do que deveriam!

Amanda Rua disse... [Responder comentário]

OI, Milena!

Dps de tantos comentários, nem teria mto a dizer. Mas, como autora boa merece feedback positivo, vim deixar meu comentário.
Essas tuas colocações são ótimas! E já reparou que não é só com make/cosméticos que acontece? É com tudo: roupa, sapato, eletrônico,etc.
Nossa indústria aqui é mto "bebê", não tem mta marca, nem concorrência, nada. E o consumidor, em geral, é imaturo, nem sabe avaliar qualidade, pq quase não tem acesso a coisa melhor.... Aí, as 2 ou 3 marcas "menos piores" lançam um produto a R$30 e esgota. O que elas pensam? Se vendemos tudo a R$30, podemos vender a R$50... E por aí vai... Com venda de importados aqui a mesma coisa: como a qualidade é bem superior, vende tudo, e esgota (já viu que o batom da MAC na SACKS é um dos produtos mais vendidos?). Ai, o que eles fazem? Aumentam o preço!
É uma pena, mas eu tb já deixei de comprar make nacional. Confesso que chego a impedir minha mãe, mais desavisada, de comprar Natura e Boticário. Pela qualidade que oferecem, sou mais comprar Avon baratinho, ou importado mesmo. Mas me sinto uma traidora da pátria :(...
Bom, tomara q a galera leia seu texto e refleta, né?
Bjoks
Ps.: Ahh, já reparou na nova moda? A empresa mudar as embalagens e relançar o produto com o dobro do preço...

Marcela dos Anjos disse... [Responder comentário]

Achei tão bom que repassei por email com o link.

Flavia Fraga disse... [Responder comentário]

Falou tudo!
Eu já não compro makes nacionais há muito tempo, com exceção dos batons Intense, que tem um preço justo.
As marcas nacionais metem a faca... prefiro comprar lá fora, mesmo correndo o risco de ser taxada (nunca fui), mas são produtos melhores e mais baratos.

Luciene disse... [Responder comentário]

Querem um exemplo fora do mundo "belezístico"? A porcaria do aumento do IPI dos carros importados. Carro de fabricação nacional é CARO, tudo é opcional (desculpem, não encontro justificativa plausível pra direção hidráulica não ser item de série até do mais popular dos populares - ar condicionado vá lá, mas direção hidráulica?). Aí aumentam o preço dos importados, o que a industria nacional vai fazer? Continuar fabricando as mesmas porcarias e ainda aumentar o preço! É palhaçada esse país.
Voltando aos cosméticos, sabem a água termal da Avene que custa uns R$30 - 50 ml? Então, num site de Portugal esse mesmo tamanha custa... suspense... R$7,00. SETE REAIS!!!! Não euros, REAIS! Aí o frete de lá pra cá é uns R$14,00 (outra coisa que me intriga: como o frete Portugal-Brasil é mais barato que SP-PR?) e o total ainda assim é mais vantajoso!
Ultimamente tenho preferido arriscar nas taxas. Assim, pago o bendito do imposto, mas não dou lucro pra essas empresas que nos exploram.
Boticário só gosto das coisas cheirosas de corpo (hidratantes, óleos, etc...) e do batom intense.
Natura eu acho a maquiagem péssima. O único ponto positivo é não dar alergia.
E Avon eu deixo passar porque é barato. Se bem que as coisas realmente boas da Avon (base em pó mineral) sempre saem de linha depois de 2 meses e fica só as coisas ruins.
#prontofalei
Tô contigo Mi!

Nadja Webber disse... [Responder comentário]

Incrivel como o povo brasileiro ve tudo isso acontecer e não faz nada! Eu já tem um tempão que não compro nada nacional, a não ser que seja na promoção, la fora a gente compra coisas muitos muito melhores e com um preço bem melhor tb. Um exemplo bem simples, fui numa loja de brinquedos com meu filho e ele queria um modulo daqueles Imaginext da Fischer Price, custava 329,00 na loja Brazuca, achei o mesmo produtos nos EUA em uma loja popular por 53 dolares...ou seja, os brazucas estão cobrando quse 03 vezes a mais...é de chorar...de raiva!!! Enquanto isso la em Brasilia os politicos cada vez mais ricos e eu me sentindo mais idiota!

Lívia Silva Santos disse... [Responder comentário]

Uma marca que me irrita muito é a Contém 1g. Tudo é mto caro.

Gabriela Lima disse... [Responder comentário]

Oi meninas,
Vejam a lojaglamourosa.com
Os preços são óptimos.
Se tiverem alguma dúvida sobre vossa pele, coloquem questões no icon “fale connosco”, que tem nessa loja.
Eles entregam no Brasil e têm um atendimento muito profissional e rápido.
Bjs

Maya disse... [Responder comentário]

Olá meninas,
Apesar de nunca ter comentado eu acho que já li todos os posts do blog (se não todos quase isso) e admiro muito comprometimento que têm com a verdade sobre o que pensam do produto.
Após ter lido tanto sobre corretivos e bases, eu que nunca me dei bem com nenhuma comecei com tentativas.
Estou tendo alguns problemas e se for possível gostaria de um toque.
Tenho uma quantidade relativamente grande de pelos loirinhos e curtinhos no rosto que ficam extremamente em envidência quando utilizo esse produto.
Li o post sobre "Guerlain Lingerie de Peau" mas ainda assim não obtive um resultado satisfatório. Será que é o modo de aplicar? O tipo de base? Enfim, se puderem ajudar agradeço. Desde já muito obrigada.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Ótimo post e queria muito q todas lessem e refletissem sobre isso pq a unica maneira do mercado mudar é nós não comprarmos mais.

Eu tb não compro maquiagem nacional há mto tempo. A maioria tem pigmentação ruim e ainda por cima é cara e se a gente compra importado lá fora sai absurdamente mais barato.

o q me deixa mais triste nessa historia toda é que quem consome essas marcas (natura, contem 1g, boticario etc) tem menor poder aquisitivo ainda que a gente!!!! a gente pesquisa, le blogs, revistas, tem cartão internacional e sabe fazer comprar em site internacional mas é aquela senhorinha q não tem nem computador? e aquelas adolescentes q não tem cartão de credito? é esse povo q divide em mil vezes mas paga caro por algo q é mto inferior q as nossas "makes de rica". Eu já ouvi mta critica tb por usar studio fix da mac se tem um produto "igual" da avon... só q meu studio fix dura meses e eu paguei 27 dolares no free shop e o da avon custa 60 reais e não chega nem perto na gama de cores e qualidade.

alguem aqui em cima falou de esmaltes e esses são os q mais me deixam doida!

uma marca desconhecida q no ano passado custa 1,20 agora vende esmalte por 16 reais!!!!!!!!!!!!! SIM MENINAS 16 reais num esmalte nacional!!!!!!!!
e conheço gente q ainda vai la e compra a coleção inteira!

aí o mercado pensa: se tem gente q paga pq eu vou abaixar o preço e aí um vai puxando o preço do outro e dai vem a inflação e tal...

outra coisa, qdo a Vult entrou no mercado tinha a proposta de vender a classe C já q todos sabem q é a maioria da população e não existia nada pra atingir aquele nicho aí fizeram a Duda Molinos para a classe B já q classe A sempre consumiu importados e compram em viagens só q recentemente eles mudaram as embalagens aumentaram os preços do Duda Molinos, da vult e colocaram uma terceira linha mais barata que é a archy.
O q eu acho mais cara de pau nessa historia toda é q eles nem disfarçam ou fazem mta diferença entre as 3 marcas: eu ja encontei a mesma cor de sombra com a mesma pigmentação e tudo por 45 reais do Duda 19 da Vult e 6 da Archy! faz sentindo isso?

monna836 disse... [Responder comentário]

Esse post deveria estar em todos os blogs, um assunto sério como esse merece ser muito divulgado. Desde que descobri esses sites que vendem maquiagem importada não compro mais nada aqui no Brasil, meu dinheiro é muito suado pra sustentar essas marcas que nem oferecem tudo isso em termos de qualidade. Parabéns Milena pelo excelente post.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Milenaaaaaaaaaaaaaaaaa,
Nao sou de comentar muito nos blogs da vida, nos poucos q comentei q tratatavam LEVEMENTE sobre esse assunto, creio q ng nem deve ter lido, mas to nem ai, continuo com as minhas opinioes.
.
Nao ligo mais se me acham esnobe por comprar MAC, Urban Decay e derivados.
.
Sabe pq? Pq o resultado fica na cara, a maquiagem fica com outro aspecto, vc tem preço e qualidade.
.
Hj tb seleciono o q gosto e digo de boca cheio que gasto MUITO menos do q amigas minhas q ainda sao ou querem ser "inocentes", achando q estao fazendo negocio da china em comprar Avon, Contem 1g, Natura, Boticario e derivados.
.
Deixa um dia elas msmas descobrem ou aprender a admitir.
.
Simples eu nao compro mais make aqui. Mando vir de fora e msm assim saio no "lucro".
.
Eu sou consumidor com memoria e "vingativa".
Duda Molinos por exemplo EU NAO CONSUMO MAIS, me RECUSO a pagar mais q 30 reais numa sombra, prefiro MAC ou UD e ainda saio no LUCRO. A unica coisa q eu amava sei la pq eles tiraram de linha q era o iluminador, vi MUITA gente reclamar e perg se eles botaram de novo na linha? Tai q otimo respeito ao cliente.
.
Eyeko q grande piada, nao compro um esmalte sequer mais....olha o ABSURDO
Comprei em 27/06/09 o rimel badalado da marca q deixa os cilios de boneca, o treco veio da INGLATERRA e eu paguei SEIS DOLARES E 40 CENTAVOS DE DOLAR! Tenho o email para quem quiser ver...eu ainda obtive desconto pq acho q devia ter essas coisinhas de promoçao...da para crer? O QUE EM NOME DO BOM SENSO justifica um aumento tao gde? Nao me fala de taxa, de imposto dos cambau q nao me convence, VEIO DA INGLATERRA saliento isso novamente e nao cobravam FRETE!!!
Perderam a cliente e desculpa quem ama a marca mas nao perco a oportunidade de contar essa sacanagem e desestimular quem quer comprar, sabe pq? Para mim respeito a cliente tinha q vir em primeiro lugar.
.
Desculpa se me estendi demais, mas concordo em GENERO, NUMERO E GRAU e é simples eu boicoto, se mais pessoas fizessem isso quem sabe as industrias engatinhariam uma mudança. Mas isso sou so eu né.
.
Parabens por nao se "vender" como ja vi muitas blogueiras q eu confiava fazer.
.
Beijos

Anônimo disse... [Responder comentário]

PS: NEM ESMALTE mais compro no Brasil, sabe pq?
.
Pq a industria brasileira ta se lixando para a SAUDE da consumidora, sou alergica a tolueno e formaldeildo, substancias cancerigenas, q fazem mal.
.
La fora as marcas foram obrigadas a se reformularem e se quisessem continuar em certos paises tiveram q tirar as substncias q fazem mal, se la foi possivel pq aqui nao é? Minha saude VALE MENOS?.
.
Acham q vou pagar mais q DEZ REAIS num vidrinho de esmalte q com o passar do tempo até seca e vai estragando e que tem cores horrorosas? Para!
Importo até esmalte pq a alternativa aqui me é muito cara e parece-me indecente! Pago U$2,50 e saio no lucro em relacao aos nacionais...
.
ATE MEU SECADOR DE CABELO é melhor do os q encontrei para mim, serio comprei numa "emergencia" na Inglaterra, paguei 19 libras num super desconhecido (era para mim, hj sei q é marca barata mais boa) e ele é travel e tem SO 2.000 wats de potencia!
Usei um esse fds com 1.700 wats da taiff (emprestado) e sinceramente nao sei se esses 300 wats fariam tanta diferença assim, mas mais uma vez me senti sacaneada.
.
Nao sou mais uma trouxa da industria nacional.

Beijos

Safira Bazar disse... [Responder comentário]

Concordo inteiramente com as suas queixas, aqui no Brasil é assim: vc ganha menos e paga mais por tudo, que geralmente é de pior qualidade do que no exterior.O problema é que a grande maioria dos brasileiros que consomem cosméticos não tem acesso a free-shops, cartão internacional para comprar pela web ou amigas que vão para o exterior para pagar um preço justo por produtos( desculpa aí mas essas lojas de cosmético estilo Sacks no Brasil são extremamente caras e não tem varidedade nenhuma de produtos). Então quem quer paga o preço mesmo.O jeito é começar a boicotar algumas marcas ...mas o que eu acho é que está acontecendo como nas marcas de roupas, por exemplo nos anos 80 uma camiseta Hering era a mais baratinha que existia; agora a Hering virou meio que uma semi-grife, tem lojas moderninhas , deu uma "repaginada" e já cobra um pouco mais pelas mesmas roupinhas básicas de malha de algodão...

E pra completar,mesmo quem tem acesso e faz uma comprinha mínima está sendo taxado solenemente pela Receita Federal...alô Receita, me esquece um pouco , poxa 2 comprinhas mixas e vcs ja paparam 60% de imposto...eu sei que é a legislação vigente, mas deixa passar uma caixinha de vez em quando , né, ultimamente vcs estão eficientes demais( ou eu é que estou muito azarada!!!)

Pink Mix disse... [Responder comentário]

Claro que não tem nem o que comentar, so assinar em baixo e concordar com esse maravilhoso post da milena. E digo mais, rs alem das makes outros produtos como hidratantes corporais deixam muito a desejar,comprei outro dia um hidratante da natura 38 reais, não ia me deixar pobre, vai...mas pelo menos queria que hidratasse bem e ficasse o cheirinho na pele por pelo menos 1 hora, q nada eh uma meleca( linha natura ekos) que pouco hidrata e cheiro so nos primeiros 20 mnsts q passa,pra ter isso,compro mesmo um monange de 5 reais ou um neutrogema q hidrata muito mais e custa so 8 reais. Como sempre meninas, maravilhosos post. pena q nçao dar pra compartilhar.....face, twiter. etc. bjs Branca

Pink Mix disse... [Responder comentário]

hihihi ja vi ontem tem pra compartilhar, eh pq estava procurando no fim do post e ta no inico. ja compartilhei. bj

Eliana Matthos disse... [Responder comentário]

Esta semana mesmo eu estava revoltadissima por não conseguir comprar cosméticos na Amazon... não entregam no Brasil e entregam no resto do mundo???
E o preço!!!!!
Estava comentando que ia até abrir uma Comunidade no Facebook de protesto e encontrei aqui o site www.precojustoja.com.br
Amei e já estou participando...

Anônimo disse... [Responder comentário]

O melhor post do ano! :D
Olha eu gosto muito de várias marcas nacionais que possui bons produtos e preços honestos. Posso citar a Vult, koloss, Fenzza e a Yes. De uns tempos pra cá parei de comprar muitas marcas pq não via sentido gastar um valor tão alto $$$ por um produto mediano pra não dizer ruim . Foi o caso com marcas como Contem 1g , Tracta e Natura. Gente sombra unitária por R$52 que tem que usar molhada? Ter a cara de pau de dizer que vale a pena P%$#@$$ pra mim isso é chamar as leitoras de idiota! Sério qualquer sombra do Paraguai fica melhor usadas molhadas. Não aguento mais essa puxação de saco com as marcas que jogam o preço lah em cima e justificam sempre a mesma coisa de impostos. A maioria das minhas maquiagens tenho comprado online ou com pessoas que viajam pq vale muito mais a pena do que comprar essas marcas que não estão nem ai com as consumidoras. Meninas vamos ficar ligadas !! Um grande bjo!

Katia disse... [Responder comentário]

Ótimo post... eu também vejo dessa forma.
Concordo com tudo que foi dito por você e nos comentários também!
Eu faço maquiagem (apenas nos fins de semana) e uso só produtos bacanas, como MAC, Lancome, Dior, Benefit, etc, esses produtinhos que amamos... também Revlon, Maybelline, NYX, enfim, até Coastal Scents eu adoro e é bem mais barato que os nacionais.

Mas o pior de tudo é que uma amiga que também faz maquiagem me falou: não conheço essas marcas que vc usa..."Too Faced, Benefit, nunca vi isso" mas "eu só uso Natura e Boticário" , como se minhas makes fossem porcarias, e as dela Top!!!

Tive que rir por dentro... sorry gente, mas quem se interessa por make sabe bem que vale muito mais a pena investir em produtos bons, e que podem custar até menos que uns nacionais.
Não sou contra os nacionais, apenas não compro porque acho que não justificam o preço.
Vou fazer um post mostrando o que eu uso nas maquiagens e te mando o link para vc dar a sua opinião!
Bjos

Virginia disse... [Responder comentário]

Concordo plenamente com vc! Tb desisti de comprar maquiagem nacional a muito tempo, primeiro pela qualidade, que sempre achei ser inferior às importadas e segundo pelo preço abusivo constante nos últimos tempos. Aplaudo a sua iniciativa de escrever esse post, pois é um assunto realmente relevante para quem tem o mínimo de cuidado e amor pelo próprio bolso. Infelizmente o brasileiro tem cara de palhaço e nenhum poder de reação diante das injustiças , e, diante disso, sapateiam na nossa cara. Só lamento.

Virginia disse... [Responder comentário]

E outra coisa, não são só as empresas cosméticas que chafurdam na lama da ganância não, há por aí muitas blogueiras, que se dizem "consumidoras" como nós, que ficam "indignadas" com os impostos, com o governo e com o diabo a quatro, mas que em suas lojinhas virtuais vendem produtos importados a preços exorbitantes, como um esmalte essie que custa 8 dólares, elas vendem por 40 reais, ou um carmex q custa 1 dolar, elas vendem por 20. Ou seja, resumindo, isso de querer lucrar, "levar vantagem", faz parte da cultura do Brasil, e quem não endossa essa atitude vai ficar a ver navios e a engolir sapo, como é típico mesmo desse país. Mais uma vez, só lamento.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Post MARAVILHOSO!!!! Parabéns!!

Eu costumo a odiar marcas com uma facilidade tremenda, fez algo de errado? não me respeitou? me senti enganada? eu então passo a odiar a dita cuja e nunca mais compro nada da marca, às vezes passo anos sem comprar e até esqueço o motivo, mas meu nunca mais é nunca mais, e o Boticário acabou de entrar nessa minha lista.
Eu compro o máximo possível no exterior, maquiagens, roupas, eletrônicos (os que dão para carregar), tudo o que eu possso e cada vez mais não tenho peso na consciência por isso, eu não sou palhaça de pagar os lucros abusivos do empresariado brasileiro! Por exemplo, se vc vai uma vez por ano para os EUA, de preferência na baixa temporada, e faz um estoque bem planejado do que precisa para o próximo ano, a diferença do que vc gastaria aqui para o que gastou lá PAGA A SUA VIAGEM e ainda sobra, você passeia e volta feliz com as suas comprinhas, lembrando que os preços de hotéis daqui do Brasil também são proibitivos e abusivos. Vale econimizar para viajar para o exterior!! É por isso que a cada mês os brasileiros gastam mais lá fora.
Eu tenho fé que o povo vai parar de comprar e os preços terão que baixar. Até lá não compro.

Clarissa

Ísis Favaretto disse... [Responder comentário]

Faz alguns milênios que eu não compro nada da linha mais cara do Boticário! Natura, então, nem se fala. A linha Una nunca experimentei porque não tive coragem. E o pior? Não tenho vontade. Sério, quando um catálogo cai na minha mão já pulo para as linhas mais baratas. E não é questão de pagar caro, compro produtos da Mac vez ou outra, mas me sinto roubada em pagar quase a mesma coisa em um produto que foi produzido aqui.
Bjos!

Márcia Alves disse... [Responder comentário]

To passada Mi!
Onde eu assino? [2]
Não tem nem o que dizer, só espero que algum representante do Boticário tenha a decência de explicar o motivo desse disparate!!
Arrasou no post Mi!!

Coisas da Maria disse... [Responder comentário]

Inconscientemente, sempre tive a impressão que comprar produtos brasileiros com qualidade mediana e preço de top de linha não valia a pena. Vou resistir ao máximo em comprá-las (sim, eu caio muito em tentação, rs. Menos o demaquilante da Contém 1g que é caro, mas é o melhor que encontrei). Não me conformo om um blush brasileiro custar tão caro. Prefiro comprar importado.

Roni disse... [Responder comentário]

ESTOU TOTALMENTE A FAVOR DESTE POST EM TODOS OS PONTOS!! SOMOS DESRESPEITADAS MESMO E SÓ FALANDO, RECLAMANDO PRA DENUNCIAR ISSO!! NOTA 1 MILHÃO PRO POST, JÁ QUE DINHEIRO SOBRA NESSE PAÍS, MAS NUNCA PRO CIDADÃO QUE FAZ TUDO CERTO, MAS PRA CAMBALHADA DE GENTE CORRUPTA QUE AQUI HABITA!!

DEISE disse... [Responder comentário]

Mulher, nem fale. Eu estou sofrendo tanto e tão profundamente de raiva dessa história de produtos brasileiros, que a vontade que dá é pegar minhas trouxas e ir embora daqui, aproveitando a carona da família. Sinceramente. Agora mesmo estou namorando uns blushes liiiindos de morrer, 19 dólares na MAC, caramba, ne?
Bom, já comecei a boicotar esse negócio de Boticário, Natura, Duda, etc. Só importo, não compro mais aqui. Aff, desabafei.

Andrea disse... [Responder comentário]

APOIADÍSSIMO!

Eu era a louca das revistas, tava sempre comprando Avon e Natura, mas os preços, definitivamente... Ainda compro coisas como por exemplo shampoo e condicionador que eram ótimos pro meu cabelo - mas Natura foi lá e "reformulou" a linha Natura Plant. u.u'

Falando ainda na Natura, eu curtia a empresa no facebook. Daí um dia eu comentei que o preço da linha Una (cho que era do blush, especificamente) estava muito alto e sabe o que me responderam? Que eles também tinham a linha faces que era "a mesma qualidade, mas com um preço mais em conta". E outras pessoas ainda concordaram dizendo que esse valor era o que se pagava por produtos importados e que tínhamos que valorizar os produtos nacionais. Acho que isso foi a gota d'água pra mim.

Joana Oliveira disse... [Responder comentário]

Eu sou portuguesa e a viver em Portugal, eu penso que a razao de os produtos da Boticário serem mais baratos aqui, será porque eles têm que ter preços competitvos em relaçao as outras marcas existentes em portugal!!
Por exemplo, MAC em portugal é caro, mas eu só compro quando os produtos estao em promoçao e um blush MAC em promoçao, fica normalmente 17/18€, entre comprar boticário ou MAC, prefiro dar a diferença e comprar MAC...
Além do mais existem muitas marcas "lowcost" de maquiagem como:
-Essence
-Catrice
-Kiko
-Basic, etc...
que dificultam muito a vida do Boticário, no que toca a maquiagem, em Portugal porque têm produtos optimos a preços baixos.
No Brasil os preço serão abusivos porque não haverá tanta competitividade de preços e eles optam pelo lucro fácil.

Milena disse... [Responder comentário]

Oi meninas!

Normalmente, eu gosto de responder os comentários um a um. Porque eu valorizo muito a participação de vcs e sei o quanto é legal ter esse retorno, essa sensação de que vc está numa CONVERSA, em vez de falando sozinha.

Só que poxa... Dessa vez eu acho que não vai dar, porque foram muuuuuuitos comentários!!
Por um lado é chato não poder dar essa atenção exclusiva a cada uma de vcs, mas confesso que a repercussão me deixou bastante contente. É uma coisa muito boa abrir o tópico e ver esse montão de respostas!

Então eu agradeço MUITO por cada contribuição. Essa troca é um dos grandes motivos que faz a gente tocar o blog.
Agradeço também não só cada resposta, mas também cada RT no twitter e cada compartilhamento no Facebook das leitoras silenciosas.

Vou responder alguns comentários abaixo, peço desculpas por não abordar todos.

Beijos, meninas!

Milena disse... [Responder comentário]

Oi Danielle Nóbrega

"E outro, brasileiro, tem aquele ilusório pensamento que, Produto bom, é produto caro."

Isso acontece mesmo. A gente tá tão acostumada a pagar os OLHOS da cara pelas coisas, que cresce achando que isso é o comum. Só quando abre o olho e vê o resto do mundo, é que entende que nem sempre é assim. Claro que melhor qualidade implica em matéria prima melhor, e muitas vezes isso se reflete sim no preço. O ponto é que "caro" pra gente acaba sendo MAIS caro que pro resto do mundo (incluindo os países com população de maior poder aquisitivo).




Oi Pedro

Pois é, aí é foda. Só falando palavrão mesmo. Cetaphil nos EUA é troço BARATEX. Aqui querem posar de produto de elite.
Não compro, boicoto MESMO.




Claudia Melo

Contém 1g com qualidade de make importada? Só rindo, né.
Lembrando SEMPRE que make importada, lá fora, MUITAS vezes custa menos que Contém aqui.




Oi Gislaine

Concordo, Make B parece coisa de segunda. Horrível.




Oi Miss M

Observação super importante!
Uma vez eu fiz uma crítica aqui ao O Boticário (olha ele aí aí de novo!) na resenha do corretivo Capricho Pocket. Se a cor MAIS ESCURA fica no limite pra MIM, como fica a amiga negra????
Sabe a resposta? Alegaram que as 3 cores atendem a todos os tipos de pele e que "foram criadas conforme as tendências
mundiais"
Ora cacilda! A marca é nacional, feita para mulheres BRASILEIRAS, num país com gente de todas as cores, e os caras vão usar tabela de européia??? Fala sério, né? É muita preguiça de atender o público direito (ou muito preconceito!).
Só de pensar no assunto, me irrito...




Oi Anônimo

Não é questão de ter menos lucro, acho eu. É questão de ganhar o mesmo tanto vendendo/produzindo menos. Se fosse mais barato, venderiam mais. Daria na mesma. Mas pra quê, né? O chique é cobrar caro...




Oi Andréa

Sim, boa observação: os esmaltes triplicaram de preço. Assim, sem mais nem menos, só porque "it".
Bem lembrado!




Oi Babytequilla

Acho que vou fazer isso...




Oi Tamara

É terrível mesmo, concordo com vc. Seria ótimo que a existisse opção por preços justos aqui, para que a gente não fosse *obrigada* a recorrer a comprar fora. Por isso que tenho muita raiva dessa covardia que fazem com o consumidor aqui.



Oi Dáfni

Nem comece a falar da Tracta... rsrs. Pó iluminador por 50 contos, afe. Mal refinado, embalagem ruim... Perderam a noção.
Mas aqui parece que preço alto confere imediatamente status mesmo. Não precisa ter qualidade pra ser "it", basta ser caro.




Anônimo,

Tu tá brincando que uma sombra da Vult tá custando DEZENOVE REAIS????
:O




Oi Joana

EXATO. Aqui não há competição. E a pouca que existe, cobra tão caro quanto (se todo mundo faz, né...).

Outra coisa: aí em Portugal, O Boticário não é ninguém. Aqui no Brasil, ele tem "nome" e explora essa reputação para exagerar no preço.
Posso entender que a marca tenha um valor agregado, acontece com grifes no mundo inteiro. Mas o pior é que ninguém aqui admite e diz "cobro mais caro porque fiquei famoso". Todo mundo bota a culpa nos "impostos".
Essa falsidade é que mata.
Além de - claro - cobrar a mesma coisa que muitas marcas excepcionais e não ter a mesma qualidade.




Beijos, meninas!

Laura disse... [Responder comentário]

Nem faz tanto tempo que comecei a comprar maquiagens, mas simplesmente não compro mais NADA de marcas nacionais. Eu vou anotando as coisas que quero e compro quando faço viagens internacionais. Ou então uso a internet (também através de sites internacionais, ebay, etc). Aliás, já faço o mesmo com produtos eletrônicos também. Se dependesse de mim, o mercado nacional de beleza iria falir... E de eletrônicos... Cansei de me sentir uma palhaça!

Andressa Araújo disse... [Responder comentário]

É realmente revoltante! Concordo com tudo, e até a Avon, com a tradição popular que sempre teve, está se encaminhando pra esse mesmo destino, investindo em publicidade pra vender uma imagem mais sofisticada, mas sem fazer grandes melhorias nos produtos.
Assim não dá, né?

Célia.a.própria! disse... [Responder comentário]

Como muitas aqui, este post me fez abrir os olhos.
Tipo, sempre comprei muuuito de Natura, O Boticario e até mesmo Contém 1g (batons só, né? pq o resto #deusmelivre!). Mas hj como vivo um momento financeiro difícil, estou revendo muito dos meus conceitos. Ao invés de parcelar em "x" vezes, prefiro juntar uma graninhha e comprar o q. eu realmente quero. Alias, parte do meu estrago financeiro foi esse vicio de comprar coisas por catalogo e ter fácil acesso em lojas e afins (até nessa cidadizinha do interior onde moro tem O Boticário!). E é nisso que essas marcas se aproveitam, acessibilidade (parcelamos até em três vezes acima de 100 reais @_@).

Sempre apoiei a iniciativa de comprar produtos nacionais, mas putz! Depois dessa do O Boticário, foi f... Roubalheira na caruda mesmo!

E só para complementar, ultimamente tenho comprado muito shampoos loreal profissional e que "vem" para cá com um preço pra lá de absurdo. Pois é, vcs sabiam q. eles são feitos lá no Rio de Janeiro (podem ver lá nas letrinhas miúdas da embalagem, produzida por Procosa Produtos de Beleza Ltda... INDUSTRIA BRASILIERA)? Não é revoltante! O produto nem pode ser comercializado aqui, ele tem q. ser exportado e voltar com o preço mais caro!

Valeu pelo post, produtos nacionais dificilmente voltarei a comprar, pelo menos, não de maquiagem.

Maria Alice disse... [Responder comentário]

Oi Milena..concordo com tudo que voce disse.. eu so tenho marca importada e as nacionais sao Vult que acho que vale o preco.. o Brasil nao se falando apenas em make mas em tudo, compra as coisas pelo preco.. para mostrar que tem poder aquisitivo.. se um carro custa 100 mil e o outro com a qualidade igual custar 50 mil a pessoa vai comprar o de 100 so para mostrar que tem.. as empresas que nao sao bobas nem nada ja perceberam isso..
Bom eu sou consultora tributaria e quanto ao preco do produto la fora ser mais barato tem uma explicacao: o governo para fomentar as exportacoes nao cobra nenhum imposto nas vendas internacionais, eis o motivo.

Bjos

Milena disse... [Responder comentário]

@Maria Alice

Oi Maria Alice

O que me deixa encafifada é o seguinte: se o governo faz essa diferença na hora de cobrar impostos entre o que é vendido aqui e o que é exportado, por que então O Boticário tem alguns produtos vendidos aqui mais baratos do que lá?

Quer dizer que ele PODE vender mais barato aqui então, e ainda assim ter lucro, não?

Vc não acha estranho?


Bjs

Quel disse... [Responder comentário]

Sabe, foi por isso que comecei a importar. Lembro quando quis comprar um blush e só encontrava produtos na casa dos 50 reais, o que eu achava bem caro para quem estava começando a usar maquiagem. Nem lembro como eu descobri sites que enviavam para o Brasil e assim fiz uma das primeiras compras internacionais: um blush L'Oreal que me custou menos de 20 reais na época e que aqui era vendido MUITO mais caro.
Hoje, toda vez que ou comprar make, nem considero as marcas nacionais, já olho logo o que tem lá fora e compro quando viajo ou pela internet. Faço o mesmo com cosméticos, perfumes e cada vez mais itens entram na minha lista de coisas que não valem o preço cobrado aqui. Se eu pudesse viajar regularmente para fora acho que só compraria comida aqui no Br, e olha lá!
Mas é como disseram: é porque tem quem paga! Moro em Brasília há um ano e aqui isso é bem claro, as coisas são bem mais caras do que eu pagava em São Paulo (que todo mundo diz que o custo de vida é alto) porque as pessoas pagam sem nem olhar o preço e a qualidade do serviço/ produto sempre deixa a desejar...

Ildete (Sem Sombra de Dúvidas) disse... [Responder comentário]

Eu já havia comentado aqui..

Dessa vez venho dizer que te citei no Blog Frescurinha

http://www.frescurinha.com.br/2011/11/maquiagem-importada-e-adoracao.html#comment-form

Ildete
http://www.semsombradeduvidas.com

Amanda disse... [Responder comentário]

Também concordo LOUCAMENTE!
Eles nos tomam como otárias, gente! O que mais odeio é q eles cobram caro por coisas q ñ têm qualidade! Por exemplo: os primers nacionais. NENHUM DELES é tão bom quanto algum internacional. Mas... Já deu uma olhada nos precinhos deles? NÃO É PROPORCIONAL! E agora ainda mais essa sacanagem citada no post... Francamente, é rir pra não chorar!

Débora disse... [Responder comentário]

Nós somos desrespeitadaso tempo todo, veja o caso do bepantol: um tubo custava sete, oito reais. Tiraram do mercado, trocaram o nome para Bepantol Baby e passou a custar 10 reais.As consumidoras reclamaram que estava diferente, pediram o bepantol antigo de volta e ganharam o maravilhoso bepantol derma a modicos 20 reais! E o bepantol liquido foi na mesma onda e subiu para 18 reais! Absurdo!

libriana disse... [Responder comentário]

Oi Milena

Seu post foi fabuloso e tirou da garganta de muita gente que pensa a mesma coisa, mas não tinha onde expor.

Eu também sou uma que boicoto total Boticário, Eudora, Contém 1g e encomendo pra quem vem de fora, pois como a Joana de Portugal falou, aqui não tem uma um mercado grande como lá.

O preço do produto no Brasil nunca é baseado no custo, e sim, pelo valor que as pessoas estão dispostas a pagar, e este é o problema, aqui as pessoas pagam fácil qualquer valor que se cobre.

Infelizmente o brasileiro só pensa em si mesmo, e não tem esta consciência de parar para pensar e tentar mudar isso. Outra coisa que facilita muito é o crédito fácil. Hoje você parcela tudo e qualquer valor, e o brasileiro, além de ser um grande gastão, tem aquela mentalidade de Casas Bahia, onde o que importa é o valor da parcela e fueda-se o valor total.

Então junta a questão cultural + exploração.

Outra coisa, há uns meses li uma entrevista do Diretor da Mercedes-Benz no Brasil, em que ele admite sem pudor (aliás, gostei da sinceridade) que aqui o preço de carro se faz pelo que estão dispostos a pagar, e que o valor do imposto nem é tão alto perto do lucro que eles têm. Se tem fila de espera, pra que ele vai cobrar menos? E assim, vai...

Anônimo disse... [Responder comentário]

É melhor pagar um pouco mais pela make importada mesmo, recentemente cheguei a essa conclusão. Pelo menos eles têm a desculpa do imposto de importação.

G.Regina disse... [Responder comentário]

Millena,

Que post incrível! Tenho que parabeniza-la pela audácia e coragem de faze-lo.
Vejo um grande diferencial no seu blog comparando com os inúmeros blogs do mesmo seguimento que hoje exite. Estes (a maioria absoluta, principalmente os mais famosos)não são voltados e não tem preocupação com a leitoras (expor sua verdade e opinião), ao contrário, viraram marketing para as empresas e VENDEM sua opinião sobre o produto. Isso é errado??? Não sei. Na verdade, o mercado é assim! Há muito tempo e não sei se ele mudará. Cabe a nós sempre ficamos com um pé atrás. O que me deixa feliz, é que, poucos ainda se salvam!
Sua exposição de fatos fez abrir os olhos de muitas leitoras, eu realmente já estava atenta à isso, comecei com a Natura! Meu Deus, como está cara sua coleção principal (não lembro o nome). Com a explosão dos blogs, o que muitas marcas fizeram, reformularam alguns produtos e principalmente sua embalagem (vejam, com tem produtos da Natura, Yes, Boticário com embalagens parecidíssimas com a da MAC) e com isso sobem absurdamente o valor e qualidade muitas vezes é de ruim à péssima!
LEITORAS, assim como eu, vamos usar a informação que encontramos à nosso favor.
No início do post, comentei que o mercado sempre foi assim (abusivo)e realmente não mudará. Quem tem que mudar somos nós, a nossa opinião e reação acerca do que queremos e do que é melhor!

Diana Simões disse... [Responder comentário]

Nossa, que felicidade eu tive ao ler esse post. Me senti completamente compreendida. Não me recordo a última vez que comprei um cosmético nacional. E não é porque eu sou rica e só compro MAC, é porque eu me recuso pagar 40 reais em um batom da Contém 1g, enquanto pago 12 em um MAC (quase a metade do preço). Se o mercado nacional quer nos enganar, eu também não me importo de enganar o mercado nacional. Sabendo que as brasileiras investem alto em cosméticos, os empresários se aproveitam e desrespeitam. E é por isso que muitas vezes saio de esnobe, pois só tenho maquiagem nyx, maybelline, MAC, l'oreal, urban decay. Entretanto as pessoas que me acham esnobe, mal sabem que gastam muito mais em maquiagem do que eu, comprando produtos infinitamente inferiores! Parabéns pelo post. Tirou as palavras da minha boca.

Jamáile disse... [Responder comentário]

Milena parabens pela postagem e desabafo! Concordo demais com vc e faco alem, hoje em dia eu praticamente so compro roupas intimas no brasil porque o resto eh absolutamente tudo importado. Eh incrivel como tudo no Brasil eh caro. Acabamos sendo meio que forcados a aproveitar nossas trips de ferias para fazer feira de cosmeticos e roupas, o que eh ma delicia ne? Hhaha

Mudando de assunto, vc recomenda o OROFLUIDO da revlon?? To afim de comprar ja que estou fora do brasil aproveito por ser mtooooo + em conta.

Beijos!!

Www.jweyne.blogspot.com


Beijao!

Www.jweyne.blogspot.com

Beta disse... [Responder comentário]

Acabei de voltar do exterior e só pra reiterar todo a informação passada pelo blog (capaz de revoltar qualquer brasileiro consciente) até no duty free do Brasil as coisas são mais caras, principalmente MAC, comprei algumas sombras e batons no do Brasil (batons = 17 U$S e sombra = U$S 18), mas no duty free de Ezeiza (batons = 15 U$S e sombra= 15 U$S), qual seria a justificativa??? sem citar o preço do perfumes que chegam a variar até 10 dólares (os que comparei).

Stylosophy | Lisi disse... [Responder comentário]

CONCORDO TOTALMENTE COM CADA LETRA DO TEXTO!
Há um tempo, comecei a não comprar Contém 1G e Tracta.
O Boticario diminui tipo 60% das compras.
Um batom da MAC custa (acho) que $14 e as americanas consideram uma marca 'cara', usam Elf e outros. Por aqui tem batom custando quase R$60 - NACIONAL - o que eles pensam?
Eu não entendo, só que pensam que somos idiotas. Querem posicionar a marca no mercado baseado no preço dos importados, pra dizer que é importado?
Uma vez surtei com o preço na Contem e disse que ia sair e comprar na MAC, a vendedora disse que era usada a mesma "tecnologia" da MAC, daí cobram o mesmo preço com taxas demoníacas de importação?
O lance é deixar o dinheiro lá fora mesmo, aqui não somos respeitadas.
Bjins!

viviane disse... [Responder comentário]

Como que faço pra ter esses produtos mais em conta , pq ja to cansada de comprar uma coisa, com preço de duas to levando prejuizo pra caramba , eu quero mt comprar MAkes importada ,mais nao sei como, e tb essa vendedora que vem com produto de fora , vende mt caro , nao sei oque faze , quando nao é nas lojas caro demais eas vendedora metendo a faca .....

viviane disse... [Responder comentário]

me mande um email pra resolver meu proplemas pra mim combrar com preço justo , meu email é


vivianemesquitax@hotmail.com

Neuza disse... [Responder comentário]

Olá,realmente aqui as coisas são caras de mais,é um absurdo de imposto,se não fosse isso,seria até que um preço justo,com imposto justo,mas é muita roubalheira em tudo,não só makes,mas em eletrônicos,tudo,tudo,por isso que eu não compro makes no Brasil e as outras coisas só compro aqui por não ter jeito mesmo,mas acho uma sacanagem tremenda,uma falta de respeito com o consumidor!!!

Estrela disse... [Responder comentário]

UM ALERTA PARA TODAS AS CONSUMIDORAS!!! Acho super válido o seu post, faz a gente "acordar para a hora do Brasil", sabe? Penso que temos que exercer nosso poder de compra da melhor forma, se fizermos isso, eles deixam de cobrar diferenciado, pior, a mais para a gente, se fizermos o dever de casa correto, deixamos de consumir tais produtos, privilegiamos outras marcas, tem muita coisa barata e boa, acessível e o melhor, trata o consumidor com respeito, se fizermos tudo direitinho, além de deixar de cobrar a mais, eles ainda abaixam os preços, para não perder os consumidores, para não falirem, já pensou? é só a gente se posicionar e parar de achar que esse tipo de desrespeito é normal!!! PODIAMOS LANÇAR O DIA DO BOICOTE AO BOTICÁRIO, OU SEJA JÁ QUE OUTRA MARCA FOR, DIVULGAR NOS BLOGUES E AFINS, QUE ACHA?

Renata disse... [Responder comentário]

Estrela, eu já deixei de comprar há muito tempo, não por um dia; não compro nunca. Mas tem gente que gosta, cada um na sua. O que a gente faz é escrever sobre esses abusos que fazem a gente se sentir mal, mas cada um escolhe o que compra.

bjs

Susu disse... [Responder comentário]

Comentário "4 anos depois":
É por isso que eu digo que essa economia protecionista não funciona nesse país, pois as marcas além de relaxarem na qualidade dos produtos e atendimento ao cliente ficam nesse ciclo vicioso de "reajuste de preço".
Infelizmente, não é só a indústria de cosméticos nacional que tem essa postura. Essa prática é vista sobretudo na indústria automobilística, onde carros montados aqui são vendidos mais baratos até no México. Acho que o blog deveria bater mais nessa tecla, periodicamente fazer essa comparação de preço pra ir abrindo os olhos de mais e mais gente.

Related Posts with Thumbnails